1 evento ao vivo

Felipão justifica "surpresa" Dante: calendário europeu e boa fase

22 jan 2013
15h46
atualizado às 16h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Dos 20 atletas convocados por Luiz Felipe Scolari nesta terça-feira, apenas um nunca havia sido chamado para a Seleção Brasileira: Dante, zagueiro do Bayern de Munique. Praticamente desconhecido do grande público nacional, o defensor foi bancado pelo treinador em razão de dois fatores: a boa fase do atleta, um dos destaques da defesa do clube alemão, e a condição física dos jogadores que atuam na Europa – por lá, a temporada já está na metade, diferentemente do Brasil, onde os primeiros jogos começaram no último final de semana.

Dante foi o único estreante da lista de Felipão
Dante foi o único estreante da lista de Felipão
Foto: Daniel Ramalho / Terra

“O Dante vem muito bem no Bayern e, se não me engano, foi eleito recentemente o melhor da posição no Campeonato Alemão”, explicou Felipão, logo após o anúncio dos convocados para o amistoso contra a Inglaterra, em Wembley, no início de fevereiro. “Vamos convocá-lo para observá-lo nos dois dias de trabalho que teremos. É muito pouco, mas alguma coisa poderemos fazer”, destacou.

Além de Dante, Felipão convocou outros três zagueiros: David Luiz e Leandro Castán, nomes habituais da Seleção de Mano Menezes; e Miranda, que compunha o grupo de Dunga no clico para a Copa de 2010, mas que não foi chamado por Mano. Por isso, Scolari se manteve cauteloso ao projetar a longo prazo a continuidade do estreante no Brasil.

“Depende dele, de como ele vai se comportar neste primeiro momento. Vamos ter um dia para conhecer algumas coisas a mais sobre o Dante e veremos se ele pode começar jogando ou entrar durante a partida. É o atleta quem diz as próprias possibilidades na Seleção. Se for participativo, as chances aumentarão. Se não, será excluído”, sublinhou.

Outro fator determinante para que Dante fosse chamado foi o calendário europeu. Do outro lado do Oceano Atlântico, as temporadas foram iniciadas entre agosto e setembro de 2012, e os atletas se encontram em uma condição física muito melhor em relação àqueles que atuam no futebol nacional – afinal, alguns campeonatos estaduais tiveram início no último final de semana e outros sequer começaram.

“Jogaremos em um nível europeu, contra uma seleção de atletas que estão em alto nível e com um desenvolvimento físico fantástico. Por isso temos que fazer um balanço sobre como organizar nossa equipe e enfrentá-los de igual para igual nas condições físicas para superá-los na técnica”, concluiu.

O amistoso entre Brasil e Inglaterra marca a reestreia de Luiz Felipe Scolari no comando da Seleção – ele deixou o cargo após a conquista do pentacampeonato mundial, em 2002. A partida em Wembley está marcada para o dia 6 de fevereiro.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade