0

Fifa anuncia "milionário" como árbitro de Brasil x Camarões

21 jun 2014
10h55
atualizado às 11h33
  • separator
  • 0
  • comentários

A Fifa anunciou neste sábado o sueco Jonas Eriksson como o árbitro do último duelo do Brasil pelo Grupo A da Copa do Mundo. A partida será na segunda-feira diante de Camarões, às 17h (de Brasília), no Estádio Nacional Mané Garrincha, no Distrito Federal.

<p>Jonas Eriksson é o escolhido pela Fifa para apitar jogo decisivo do Brasil</p>
Jonas Eriksson é o escolhido pela Fifa para apitar jogo decisivo do Brasil
Foto: Getty Images

Eriksson, 40 anos, faz a sua segunda partida na Copa do Mundo. O juiz teve uma atuação discreta na vitória dos Estados Unidos sobre Gana por 2 a 1, pela primeira rodada do Grupo G.

De 1,93 m, Eriksson está em sua primeira Copa do Mundo. Juiz do quadro da Fifa desde 2002, o sueco apitou na fase de Grupos da Euro 2012 os duelos Holanda x Alemanha e Grécia x Rússia, além de ter comandado Uruguai x Jordânia, no ano passado, pelas Eliminatórias da Copa de 2014.

Na imprensa europeia, Eriksson é conhecido como "árbitro milionário". Ele criou em companhia de outros dois parceiros uma agência de comunicação, a IEC, e embolsou 6 milhões euros (cerca de R$ 18 mi na cotação atual) ao vender 15% das suas ações da empresa sete anos atrás.

Eriksson tem como polêmicas na carreira arbitragens pela Liga dos Campeões. Em 2012, foi criticado por não ter marcado dois pênaltis para o Barcelona no duelo de mata-mata contra o Milan. Porém, neste ano, deu uma penalidade fora da área para os catalães contra o Manchester City e expulsou o argentino Demichelis, sendo a marcação decisiva para a eliminação dos ingleses.

A arbitragem foi ponto de polêmica em relação ao Brasil no início do Mundial. O japonês Yuichi Nishimura deu um pênalti inexistente em Fred na estreia contra a Croácia, e o técnico Luiz Felipe Scolari "culpou" a imprensa pelo juiz turco Cuneyt Cakir não ter visto penalidade em Marcelo no final do jogo contra o México.

No duelo de segunda, o Brasil precisa de uma vitória para confirmar o primeiro lugar do grupo. No entanto, precisa ter um saldo maior que o México, que joga no mesmo horário contra a Croácia.

Veja também:

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade