0

Gilmar quer "nova filosofia" com ajuda de Felipão e Parreira

17 jul 2014
12h24
atualizado às 12h58
  • separator
  • 0
  • comentários

O novo coordenador geral de Seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Gilmar Rinaldi, disse que sua primeira função no novo cargo será implantar uma nova filosofia, calcada na força das categorias de base e no jogo coletivo. Ele assume o lugar de Carlos Alberto Parreira, mas segundo o presidente José Maria Marin ganhará novas tarefas.

Gilmar Rinaldi quer ajuda de antiga comissão técnica
Gilmar Rinaldi quer ajuda de antiga comissão técnica
Foto: Daniel Ramalho / Terra

“Nosso grande objetivo é implantar uma nova filosofia na Seleção Brasileira. Um futuro que parece distante mas é próximo, cada dia mais esses jogadores estão sendo preparados e chegando ao ápice da forma deles na carreira com idade menor”, explicou Gilmar, que terá a ajuda de Alexandre Gallo, coordenador das categorias de base, para esta transição.

Segundo Gilmar Rinaldi, o acúmulo de conhecimento da antiga comissão técnica não será descartado. Deixaram a Seleção após a Copa do Mundo o técnico Luiz Felipe Scolari, o coordenador Carlos Alberto Parreira, o preparador físico Paulo Paixão e o assessor de imprensa Rodrigo Paiva, entre outros.

“Em linhas gerais, vou procurar conversar com as pessoas que saíram daqui. Tenho relacionamento muito bom com todos que saíram da comissão técnica. Felipão é meu amigo pessoal. Parreira é meu grande comandante de 94. Rodrigo Paiva (ex-assessor) me alentou no Rio quando cheguei de São Paulo. Vou buscar essa ajuda com humildade. Eles não estão mais trabalhando, mas é a Seleção do País deles, que eles amam tanto”, disse.

Gilmar também declarou que o trabalho da comissão de Felipão na Copa do Mundo foi positivo. "A gente sai de uma Copa em que houve muitos ensinamentos e um trabalho muito bem feito. Vamos usar essa estrutura que foi preparada, muito mais preparada do que a gente mesmo pensava. A hora é de arriscar, ter coragem e acreditar no trabalho", discursou.

Gilmar Rinaldi quer privilegiar o coletivo da Seleção

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade