0

Goleiro dos EUA lamenta empate no final contra Portugal

22 jun 2014
23h11

O goleiro dos Estados Unidos, Tim Howard, lamentou neste domingo o gol de empate de Portugal (2-2) no último instante da partida disputada neste domingo, em Manaus, pelo Grupo G da Copa do Mundo.

"Tínhamos um pé do outro lado da porta e isto foi uma pequena decepção", destacou Howard sobre o empate, que impediu os americanos de carimbar o passaporte para as oitavas. "Mas sendo realistas, temos boas chances de chegar mais longe. É preciso ser otimista, estamos onde queríamos quando começou esta aventura".

Nani abriu o placar para Portugal logo aos 5 minutos de jogo, aproveitando uma furada do zagueiro americano Geoff Cameron para aparecer de cara para o gol e tirar do goleiro Tim Howard.

No segundo tempo, os Estados Unidos empataram com Jermaine Jones, num forte chute de fora da área aos 19 minutos, e viraram com Clint Dempsey, com um gol de barriga aos 36. Silvestre Varela salvou Portugal com um gol de cabeça nos acréscimos, após cruzamento de Cristiano Ronaldo.

"Estamos em boa situação para superar o grupo da morte e isto é emocionante. Tínhamos um plano de jogo e acredito que o executamos com perfeição. Portugal deu muito trabalho e aceitamos o resultado. Amanhã será outro dia".

Com o resultado, tudo continua indefinido no Grupo G. A Alemanha, que empatou em 2 a 2 com Gana no sábado, lidera a chave com os mesmos quatro pontos dos Estados Unidos, mas tem melhor saldo de gols (4 contra 1).

As duas seleções se enfrentam no dia 26 em Recife, e um empate classifica ambas. No mesmo dia, Gana pega Portugal em Brasília em uma partida que só a vitória interessa aos dois. Mesmo vencendo, africanos e portugueses ainda dependem de uma derrota dos Estados Unidos por mais de dois gols.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade