PUBLICIDADE

Hospedagem: Rio ainda precisa de 7 mil leitos até Olimpíada 2016

28 fev 2012 12h28
| atualizado às 12h31
Publicidade
Giuliander Carpes
Direto do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro ainda precisa de 7 mil novos leitos em hotéis para cumprir compromissos que firmou com o Comitê Olímpico Internacional (COI) para receber a Olimpíada de 2016. A constatação foi feita a partir da Pesquisa de Serviços de Hospedagem 2011 divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A cidade, que também será o palco principal da Copa do Mundo de 2014, tem atualmente 45.416 leitos, mas se comprometeu a disponibilizar 52,7 mil para os jogos que ocorrem daqui a quatro anos.

Cariocas têm déficit de hospedagem, mas estão à frente de SP, PR, RS e RN
Cariocas têm déficit de hospedagem, mas estão à frente de SP, PR, RS e RN
Foto: Twitter / Reprodução

"Esses grandes eventos mobilizam investimentos privados, mas também é preciso saber da questão do futuro. Novos hotéis precisam ser viáveis após a Copa e a Olimpíada. E cidades do entorno, que não estão sendo consideradas por enquanto, também vão servir para estes eventos", explicou a presidente do IBGE, Wasmália Bivar.

"É preciso levar em conta que estamos levantando agora apenas estabelecimentos formalmente constituídos. Mas existem fenômenos como um que acontece no Rio de Janeiro que são os apartamentos por temporada. Eles também precisam ser consideradas quando se trata de avaliar a capacidade completa de hospedagem e ainda não temos estes números. Também não estamos levando em conta investimentos que estão sendo feitos. Em Brasília, hotéis foram literalmente destruídos e estão sendo construídos estabelecimentos com capacidade bem maior. Por isso a necessidade de continuidade da pesquisa a partir daqui e vamos fazer isso nos próximos anos."

O Brasil também terá dificuldades em atender requisitos de hospedagem da Fifa para a Copa do Mundo. A entidade máxima do futebol exige que cada uma das cidades-sede disponibilize 5 mil leitos com padrões de conforto de 4 e 5 estrelas. No entanto, a pesquisa revelou que apenas 3,5% dos 373.673 leitos do Brasil são de luxo. Outros 11,5% estão no padrão "superior muito confortável" - a maioria das unidades tem padrão simples e econômico: 60,8%

O Rio de Janeiro lidera a pesquisa nos requisitos de qualidade em relação ao seu total de leitos: 23,5% (10.673 leitos) são de luxo ou superior muito confortável. São Paulo tem a maior quantidade de estabelecimentos de padrão alto (143), mas eles equivalem a apenas 14,7% do seu total de 73.488 leitos. Curitiba (21,1%), Porto Alegre (21%) e Natal (19,8%) são as capitais com maior proporção de leitos de luxo ou conforto superior depois do Rio. No entanto, os números absolutos ainda não atingem os requisitos da Fifa: são 4.178 leitos na capital paranaense, 3.071 na gaúcha e 3.867 na potiguar.

Londres 2012 no Terra

O Terra, maior empresa de internet da América Latina, transmitirá ao vivo e em alta definição (HD) todas as modalidades dos Jogos Olímpicos de Londres, que serão realizados entre os dias 27 de julho e 12 de agosto de 2012. Com reportagens especiais e acompanhamento do dia a dia dos atletas, a cobertura contará com textos, vídeos, fotos, debates, participação do internauta e repercussão nas redes sociais.

Fonte: Terra
Publicidade