PUBLICIDADE

Terra na Copa

Investimento para Copa de 2014 chega a R$ 28 bilhões

18 jun 2013 - 16h41
(atualizado às 19h01)
Compartilhar
Exibir comentários
<p>Obras do Maracanã já ultrapassaram R$ 1 bilhão</p>
Obras do Maracanã já ultrapassaram R$ 1 bilhão
Foto: Daniel Ramalho / Terra

Ainda em fase de preparação para receber a Copa do Mundo de 2014, o Brasil divulgou nova parcial dos gastos para o evento. Conforme divulgou o secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luiz Fernandes, nesta terça-feira, o custo das obras chegou a R$ 28 bilhões, permanecendo dentro do orçamento total de R$ 33 bilhões.

"Divulgaremos em julho nova atualização da Matriz de Responsabilidade. Os investimentos estão em R$ 28 bilhões, sendo a maioria deles em mobilidade urbana. São 51 obras ao todo, espalhadas pelas doze cidades que receberão a Copa do Mundo", explicou Fernandes.

A nova parcial de investimentos chega em meio a diversas manifestações pelo território brasileiro. Nesta segunda-feira, protestos em doze capitais nacionais reuniram cerca de 250 mil pessoas pelas ruas do País. Entre as reclamações, os responsáveis pelos protestos criticam os valores desembolsados nas obras para Copa das Confederações e Copa do Mundo.

"Não há contradição entre os investimentos sociais e os investimentos para a Copa do Mundo. É muito mais fácil negociar recursos para ciência, tecnologia e educação com a Copa. A facilidade que temos para estruturar programas de educação é única. Ou aproveitamos ou perdemos. É uma oportunidade histórica", completou o secretário-executivo.

Palco da final da Copa das Confederações e da Copa do Mundo, e também da abertura e do encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016, o Maracanã é um dos principais pontos de discussão sobre os gastos. Originalmente orçado em 600 milhões, o estádio teve investimento total de R$ 1,01 bilhão.

"Existe apoio disseminado dos brasileiros pela Copa do Mundo. Não há disseminada oposição ao evento. Alguns estão desinformados sobre a situação. A Copa é uma oportunidade para investimento. São investimentos em infraestrutura e em serviços para melhorar a vida da população", encerrou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade