0

Jornalista argentino morre após acidente com carro roubado

9 jul 2014
06h31
atualizado às 07h50
  • separator
  • 0
  • comentários

O jornalista argentino Jorge Luís López, de 38 anos, que estava cobrindo a Copa do Mundo no Brasil, morreu na madrugada desta quarta-feira, após um acidente de carro, segundo informações da TV Globo.

Jorge López não sobreviveu ao acidente e morreu no local
Jorge López não sobreviveu ao acidente e morreu no local
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Ele estava em um táxi, se dirigindo ao hotel em que estava hospedado, na região de Guarulhos, quando o veículo foi atingido por outro carro, roubado poucos instantes antes, que estava fugindo de uma perseguição policial.

Jorge não utilizava cinto de segurança, e no momento da colisão bateu a cabeça e foi arremessado para fora do táxi.

A polícia prendeu os três suspeitos que estavam no veículo, entre eles um menor de idade. 

Em sua conta do Twitter, Jorge postou algumas fotos da cobertura da Copa do Mundo, e esperava estar presente na partida desta quarta-feira, pelas semifinais, quando a Argentina enfrenta a Holanda, às 17h (de Brasília), na Arena Corinthians.

No último dia 1º a jornalista argentina Maria Soledad Fernandes, 26 anos, também foi vítima de um acidente de carro e faleceu. Ela estava na BR-381, voltando de São Paulo para Minas Gerais, após a vitória da Argentina sobre a Suíça por 1 a 0, quando seu veículo chocou-se com a traseira de um Golf, causando o capotamento. Maria era filha de Miguel Ángel Tití Fernández, um famoso jornalista esportivo argentino, e vários jogadores da seleção albiceleste prestaram homenagem.

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade