1 evento ao vivo

Kassab lamenta saída do Morumbi e descarta novo Palestra para abertura

17 jun 2010
12h28
atualizado às 15h33
Thais Sabino
Direto de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, afirmou nesta quinta-feira durante o lançamento do projeto de revitalização do bairro da Nova Luz que a prefeitura e o governo do Estado de São Paulo se esforçaram para viabilizar que o Estádio do Morumbi sediasse a abertura da Copa do Mundo de 2014. Ele aproveitou para descartar a nova Arena Palestra para o jogo inaugural do Mundial do Brasil.

"Nos esforçamos, nós fizemos e faremos de tudo para que o Morumbi seja a sede da abertura, mas infelizmente as coisas não caminharam como esperávamos", disse Kassab, que aproveitou para falar que o Palestra pode até sediar algum evento, mas que está fora dos requisitos para ser a sede da abertura da próxima Copa.

Kassab diz que lamenta, mas que não existe a menor hipótese de colocar recursos públicos como uma solução para o problema do Morumbi. Ele disse que a prefeitura não tem essa verba, mas mesmo que tivesse usaria em outras prioridades.

O prefeitou falou que tem a mesma opinião que o governador Alberto Goldman sobre os investimentos públicos na Copa. "Eu acho uma decisão ruim da FIFA. (...) O setor público não pode colocar recursos no provado", afirmou Goldman. Kassab disse que os dois estarão torcendo para que seja encontrada uma alternativa pois "seria uma honra para a cidade de São Paulo poder sediar a abertura dos jogos".

Kassab confirmou que se encontrou com Ricardo Teixeira, mas isso foi há um ano e meio, quando ele realmente discutiu quais medidas que poderiam ser feitas para que o Morumbi fosse adaptado para receber os jogos. Agora, prefeitura e governo do Estado trabalham juntos na preparação para o recebimento da Copa do Mundo em 2014. A parceria está disposta a fazer uma linha de metrô que vai ligar o aeroporto de Congonhas ao estádio Morumbi. "Podemos colocar recursos em obras que serão utilizadas no dia-a-dia do cidadão", disse Goldman.

Com o anúncio de que o estádio do São Paulo Futebol Clube está descartado do próximo Mundial, o Estado paulista aguarda a definição de qual será o novo local que representará a região na Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil após 64 anos.Perguntado se há possibilidade da construção de um estádio em Pirituba, Kassab respondeu que o espaço não tem esta finalidade e que "Pirituba é um grande projeto no sentido de convenções e feiras". Mas, "se quem tiver vencido a concessão quiser por vontade própria transformá-lo para receber a Copa do Mundo, a gente vai aplaudir", completou.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa
SMS: receba as noticias e os gols da Seleção no seu celular; envie COPA para 83772

Prefeito paulistano não acredita em abertura do Mundial de 2014 no estádio do Palmeiras
Prefeito paulistano não acredita em abertura do Mundial de 2014 no estádio do Palmeiras
Foto: Alê Cabral / Futura Press
Fonte: Terra
publicidade