2 eventos ao vivo

"La Roja" desde 2004, Espanha irrita chilenos por apelido

18 jun 2014
10h09
  • separator
  • comentários

A partida entre Espanha e Chile nesta quarta-feira, às 16h, no Maracanã, não colocará em jogo apenas uma provável vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2014. O duelo também será pelo título de "La Roja". Torcedores e imprensa do país sul-americano, que é chamado assim pela cor vermelha da camisa desde os anos 1940, não gostaram de ver o nome "apropriado" pelos europeus, que decidiram mudar de identidade na última década.

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Conhecida como "Fúria" desde a década de 1920, a Espanha passou por uma transformação em 2004. A seleção havia acabado de fazer uma péssima Eurocopa, eliminada na primeira fase por Portugal e Grécia. Luis Aragonés chegou para assumir o cargo de treinador e imediatamente fez um pedido: para que antigo apelido fosse abandonado, pois não condizia com o estilo técnico e paciente que ele queria implantar, e substituído por uma nova identidade.

Assim a seleção espanhola passou a ser gradativamente conhecida por "La Roja" nos últimos anos na Europa – embora, na América do Sul, o termo "Fúria" tenha se mantido popularmente. Incomodada, uma TV chilena produziu neste mês um vídeo relembrando as origens do apelido da equipe nacional, com o lema "La Roja es nuestra" ("La Roja" é nossa), e desafiando a Espanha a decidir quem merece carregar o título a partir do jogo desta quarta-feira.

O volante chileno Marcelo Díaz aprovou a batalha pelo apelido. "Me parece bom. É uma linda mensagem, e tomara que amanhã se possa refletir em um bom resultado. No Chile, sempre criamos campanhas para motivar, é uma forma talvez de refletir que o povo nos quer ver ganhar. Vamos demonstrar que 'La Roja' é chilena", disse o meio-campista.

Na América do Sul, é comum que as seleções tenham apelidos de acordo com a cor dos uniformes. A Argentina é "La Albiceleste", o Uruguai é "La Celeste", o Paraguay é "La Albirroja" e a Bolívia é "La Verde", por exemplo. Até o Brasil tem o apelido de "Canarinho" por causa do amarelo da camisa, e é conhecido em alguns países latinos como "La Auriverde".

Coincidência ou não, depois que deixou a "Fúria" para trás e assumiu a alcunha de "La Roja", a Espanha entrou no período mais vitorioso de sua história. Venceu as Eurocopas de 2008 e 2012, com a maior conquista de todas entre elas: a Copa do Mundo de 2010. Agora, para evitar que o ciclo se encerre de forma vexatória na primeira fase do Mundial de 2014, a briga pelo apelido também precisa ser vencida.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade