0

Marin faz visita emergencial à Seleção em momento de pressão

2 jul 2014
12h43
atualizado às 12h43
  • separator
  • comentários

Em meio ao clima de turbulência que tomou conta da Seleção Brasileira depois da vitória nos pênaltis contra o Chile, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), José Maria Marin, chegou à Granja Comary na tarde desta quarta-feira para uma visita antes da viagem da delegação para Fortaleza. O Brasil enfrenta a Colômbia nesta sexta-feira pelas quartas de final da Copa do Mundo.

<p>José Maria Marin faz nova visita à Seleção</p>
José Maria Marin faz nova visita à Seleção
Foto: Paulo Whitaker / Reuters

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Marin recebeu críticas da imprensa por não aparecer em um momento de fortes questionamentos em cima da Seleção. Houve cobranças pelo fraco futebol e pelo destempero emocional. A comissão técnica chamou seis jornalistas amigos para uma conversa na qual foram expostos alguns problemas e insinuaram até um complô contra o hexacampeonato do Brasil.

Marin chegou à Granja Comary ao final do treino e de forma discreta, diferentemente do que aconteceu nas outras duas visitas feitas de helicóptero. O presidente da CBF subiu para as instalações e deve se reunir com Felipão antes da viagem.

O presidente já havia ido à Granja Comary em duas oportunidades. Na primeira, antes da estreia na Copa do Mundo, almoçou com os jogadores. Na segunda, antes das oitavas de final, compareceu para uma cerimônia com crianças vítimas da enchente que assolou Teresópolis em 2011.  

Um dos tópicos da conversa deve ser o mesmo externado por Felipão aos jornalistas: uma teórica má vontade da Fifa em ver o Brasil hexacampeão. A comissão técnica considerou exagerada a repercussão pelo pênalti marcado em Fred na primeira rodada e, desde então, tem reclamado de marcações da arbitragem contra o Brasil.

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade