0

Messi só entra no segundo tempo e Argentina fica no empate com a Colômbia

7 jun 2013
23h34
atualizado às 23h49

A Argentina empatou em 0-0 com a Colômbia nesta sexta-feira pela 14ª rodada das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2014, em partida disputada no estádio Monumental de Buenos Aires e que contou com Lionel Messi no banco no primeiro tempo.

Com o resultado, os argentinos seguem líderes das eliminatórias com 25 pontos, seguidos de Equador e Colômbia, ambos com 20 pontos.

As duas equipes jogaram grande parte da partida com um jogador a menos por causa das expulsões do atacante Gonzalo Higuain e do zagueiro Cristian Zapata, que se desentenderam aos 26 minutos do primeiro tempo.

O craque Lionel Messi, que se recupera de lesão na coxa, entrou aos 12 minutos da etapa final, dando novo ânimo à equipe do técnico Alejandro Sabella, mas não foi capaz de garantir os três pontos para a seleção anfitriã.

"É uma pena que não conseguimos vencer, mas vamos seguir adiante", disse o melhor do mundo ao sair do gramado. Ele também falou da lesão que vem incomodando. "Não estou bem. Há muito tempo não jogo. Foi meu primeiro jogo após dois meses parado".

O jogo teve três gols anulados, um da Colômbia por impedimento do Jackson Martínez, e dois da Argentina, o segundo polêmico. Dí Maria cruzou para a área e Aguero, em posição legal, completou para o fundo das redes. Messi, porém, em posição duvidosa, participou do lance segundo o árbitro venezuelano Marlon Escalante.

"Eu não participei da jogada, só continuei correndo. O árbitro atrapalhou, mas isso são coisas do jogo", disse um chateado Messi.

Mais cedo, a seleção venezuelana conseguiu um valioso empate de 1-1 com a Bolívia na altitude de La Paz. Os gols foram todos marcados no segundo tempo. Juan Arango abriu o placar para a Venezuela aos 13 minutos, e Jhasmany Campos empatou para os anfitriões aos 40.

Também nesta sexta, o Chile derrotou o Paraguai por 2-1, pela 13a rodada da eliminatória sul-americana para a Copa do Mundo, em partida disputada no estádio Defensores del Chaco, em Assunção.

Os gols da vitória chilena foram marcados por Eduardo Vargas, aos 40 minutos, e por Arturo Vidal, aos 56, enquanto Roque Santa Cruz descontou para o Paraguai, aos 89 minutos.

Com esse placar, o Chile fica em quarto na tabela, com 18 pontos, atrás da líder Argentina (25 pontos) e de Colômbia e Equador (ambos com 20). O Paraguai é o lanterna, com 8 pontos.

Na próxima terça, na 14a rodada, o Chile enfrentará a Bolívia em Santiago, e o Paraguai não joga.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade