4 eventos ao vivo

México anuncia Miguel Herrera como novo técnico para a repescagem da Copa do Mundo-2014

18 out 2013
18h11
atualizado às 18h29

A Federação Mexicana de Futebol anunciou nesta sexta-feira que Miguel Herrera, técnico do América, substituirá Manuel Vucetich à frente da seleção nacional para a repescagem das eliminatórias da Copa do Mundo-2014 de novembro contra a Nova Zelândia.

"Conseguimos o apoio incondicional de todas as equipes para que o senhor Herrera nos classifique" para o Mundial do Brasil de 2014, disse em coletiva de imprensa o presidente da Federação, Justino Compeán, que garantiu que o técnico seguirá no comando da seleção em caso de classificação.

Acompanhado por vários donos de equipes mexicanas, Compeán explicou que a equipe do América, atual campeã da liga mexicana, cedeu por empréstimo Herrera, os auxiliares e o diretor esportivo Ricardo Peláez para as duas partidas da repescagem contra a Nova Zelândia e outros jogos amistosos de preparação.

Após a repescagem, "será feita uma análise para saber se Herrera ou outro técnico" assumirá as rédeas do Tri, disse o presidente, que informou que a apresentação oficial do novo treinador acontecerá no domingo.

Herrera, de 45 anos, disputa neste sábado com o América uma importante partida contra o vizinho e rival Cruz Azul.

O técnico substitui Vucetich, um dos treinadores mais vitoriosos do futebol mexicano, que foi destituído após apenas duas partidas no comando do México, com uma vitória por 2-1 diante do Panamá e a derrota de 2-1 para a Costa Rica na última terça-feira, pelo hexagonal final das eliminatórias da Concacaf.

O México chegou a estar virtualmente eliminado da Copa do Mundo, mas sobreviveu graças aos Estados Unidos, que viraram a partida contra os panamenhos (3-2) nos acréscimos. Esse final dramático levou os mexicanos ao quarto lugar, para ficarem com a vaga no duelo decisivo de ida e volta com a campeã da Oceania.

Mesmo com a sobrevida, os torcedores e a mídia mexicana ficaram indignados com a necessidade de depender de um "milagre" e da ajuda dos americanos.

Herrera será o quarto treinador mexicano no último mês e meio, depois de José Manuel de la Torre, Luis Fernando Tena e o próprio Vucetich.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade