1 evento ao vivo

Ronaldo ataca imprensa: "tem que entrar no entusiasmo do povo"

30 jan 2013
16h02
atualizado às 17h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Um dos novos embaixadores da Copa do Mundo, o ex-atacante Ronaldo reclamou das cobranças da imprensa brasileira ao Mundial de 2014. O campeão de 2002, que também é membro do Comitê Organizador Local (COL) da Copa, tem participado dos principais eventos relacionados ao torneio e foi um dos homenageados nesta quarta-feira durante a apresentação do pôster oficial, no Rio de Janeiro.

Ronaldo disse que "povo precisa de notícias boas" e reclamou de cobrança da imprensa sobre a Copa
Ronaldo disse que "povo precisa de notícias boas" e reclamou de cobrança da imprensa sobre a Copa
Foto: Daniel Ramalho / Terra

“Estamos vendo as coisas acontecerem, os estádios saindo do chão, as coisas acontecendo de acordo com o que foi planejado. Está na hora de a imprensa entrar no entusiasmo do povo. É hora de todo mundo estar junto e acreditar nisso, porque somos todos brasileiros e todos nós queremos que a Copa do Mundo seja realmente um grande sucesso, ninguém quer um fracasso”, disse Ronaldo.

Comparando o torneio ao anterior realizado na África do Sul, o ex-jogador afirmou não ter dúvidas do sucesso no Brasil. "A imprensa está muito pessimista. O nível de cobrança tem sido muito grande", completou.

Sobre as informações publicadas pelo jornal Folha de S.Paulo contra Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, que teria recebido US$ 100 mil para ser consultor da candidatura única do Brasil ao Mundial, o atacante foi diplomático. "Eu vivo o futebol há muito tempo, e uma coisa é você ter um fato concreto, outra é você viver de especulação. Isso é uma coisa grave. Tem que ter esse cuidado para transmitir isso ao povo, que é carente de alegria e notícias boas. A gente vive corrupção, tragédias, e precisa de coisas boas, e a Copa do Mundo é isso, pois vai trazer muitos benefícios aos brasileiros”.

Ronaldo aproveitou para falar sobre os problemas que a organização vem enfrentando e voltou a atacar a imprensa. "Logicamente, não é um evento fácil de ser montado. Também é um evento que já vem pronto, com várias exigências. Tudo está andando muito bem, acho que as exigências estão sendo todas cumpridas, a gente vê todos os governos fazendo um esforço muito grande para entregar as obras de infraestrutura, de mobilidade urbana, os estádios ficando prontos, portanto, a gente vê esse entusiasmo nas cidades-sede, tem essa felicidade de estar acompanhando de dentro os resultados de tudo", disse.

"Somos todos brasileiros e queremos que a Copa do Mundo seja um sucesso de organização, de público, de turistas para mostrar nossa cultura e nosso povo. Está na hora de todo mundo acreditar que vai ser um sucesso. O Brasil dificilmente nunca falha, nunca falhou em um evento desse porte, é hora de darmos as mãos”, completou Ronaldo.

Veja também:

Flamengo encostou no Palmeiras! Confira o ranking de maiores campeões nacionais do Brasil
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade