0

Teixeira pode renunciar à CBF e se mudar para Miami, diz jornal

14 fev 2012
08h52
atualizado às 08h55

Há 23 anos no comando da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira pode estar se preparando para deixar o comando da entidade. De acordo com o jornal Lance, os rumores sobre a saída do dirigente, que tem mandato até 2014, aumentam dentro da CBF. Se antes, pessoas muito próximas a Teixeira, como o diretor de comunicação, Rodrigo Paiva, negavam veementemente uma possível renúncia dele na CBF e no Comitê Organizador Local da Copa de 2014 (COL), hoje já não adotam a mesma posição. Os indícios de que Teixeira estaria de saída ganham força ao se constatar que o presidente da CBF fechou o laticínio que tinha no Rio de Janeiro e vendeu 80% das cabeças de gado de uma fazenda que é proprietário.

» Veja fotos das obras e o que falta para os estádios da Copa de 2014

Ainda de acordo com o Lance, Teixeira deve mudar para sua casa em Miami, caso aconteça a renúncia. Segundo o periódico, o estatuto da CBF prevê que quem assume a presidência é o vice-presidente mais velho. O cargo, então, seria ocupado por José Maria Marin, ex-presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), que virou motivo de ironia da imprensa recentemente por embolsar uma medalha que seria dada aos jogadores do Corinthians, campeões da Copa São Paulo. Os motivos principais para a saída seriam os problemas de saúde que o dirigente tem sofrido recentemente e a proximidade da divulgação dos documentos sobre um possível caso de corrupção nos anos 90 envolvendo a empresa ISL e membros da Fifa, entre eles Teixeira.

Rumores sobre a saída de Ricardo Teixeira aumentam na CBF
Rumores sobre a saída de Ricardo Teixeira aumentam na CBF
Foto: Roberto Filho / AgNews / Divulgação
Fonte: Terra
publicidade