0

Valcke promete vistoriar sedes da Copa de 2014 com Pelé e Ronaldo

19 dez 2011
16h15
atualizado às 17h43

Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa, estará no Brasil a cada dois meses em 2012. Em comunicado divulgado no site oficial da entidade, nesta segunda-feira, ele informou que pretende visitar cada uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 acompanhado de dois ilustres ex-jogadores: Pelé e Ronaldo.

"Ao lado do grande Pelé, consultor especial da presidente Dilma Rousseff para a Copa do Mundo, do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, do COL e de Ronaldo, espero visitar no ano que vem todas as 12 cidades-sede, começando por Fortaleza e Salvador. Será com certeza uma viagem muito especial para mim, já que estarei em missão da Copa do Mundo junto a essas extraordinárias personalidades do futebol", destacou.

Pelé trabalhou para que o Brasil fosse eleito sede do próximo Mundial, enquanto Ronaldo assumiu recentemente cargo no Comitê Organizador Local (COL) da Copa. "Como ídolo do futebol e maior artilheiro da história das Copas do Mundo, ele Ronaldo é um nome ideal para promover o evento e dar apoio à organização. As lembranças de nossa participação conjunta no sorteio preliminar ainda estão frescas na memória", enalteceu Valcke.

Apesar de externar empolgação ao escrever sobre os preparativos para a Copa, o secretário-geral da Fifa não deixou a preocupação de lado. "Ainda há muito trabalho esperando por todos nós, principalmente em relação à infraestrutura geral, como aeroportos e transporte, necessários para garantir que todos os torcedores e visitantes tenham uma experiência inesquecível. Não temos tempo a perder: o relógio está correndo cada vez mais rápido e a expectativa aumenta para todos nós", alertou.

Jérôme Valcke também está apreensivo com a aprovação da Lei Geral da Copa pelo governo brasileiro. A legislação fará com que alguns interesses da Fifa estejam garantidos em assuntos polêmicos, como na venda de bebidas alcoolicas nos estádios e na comercialização de meias-entradas.

"Por isso, 2012 será um ano muito movimentado, com acontecimentos importantes, como a finalização da famosa Lei da Copa do Mundo, o lançamento do slogan oficial, a escolha final das sedes da Copa das Confederações e a definição dos três últimos participantes deste torneio. O segredo do sucesso será dar sequência ao diálogo aberto e constante que existe entre as autoridades brasileiras e a Fifa sempre com o respeito e a cooperação que hoje caracteriza nossas relações", concluiu.

Secretário Geral da Fifa virá ao Brasil de dois em dois meses
Secretário Geral da Fifa virá ao Brasil de dois em dois meses
Foto: Getty Images
Fonte: Gazeta Esportiva
publicidade