0

Vítima de câncer, técnico de Senegal na Copa de 2002 morre na França

15 out 2013
09h03
atualizado às 09h04
  • separator
  • comentários

O treinador Bruno Metsu morreu nesta terça-feira aos 59 anos, vítima de um câncer estomacal. O francês se tornou conhecido internacionalmente em 2002, quando liderou a surpreendente seleção de Senegal às quartas de final da Copa do Mundo. Ele passou os últimos dias de vida na cidade de  Coudekerque-Branche, onde nasceu.

Bruno Metsu foi o treinador de Senegal na Copa do Mundo de 2002
Bruno Metsu foi o treinador de Senegal na Copa do Mundo de 2002
Foto: Getty Images

Metsu, que foi jogador entre as décadas de 1960 e 1980, iniciou a carreira de treinador em 1988, no francês Beauvais. Ele passou por clubes como Lille e Valenciennes, além de ter dirigido seleções de Emirados Àrabes Unidos, Guiné e Catar. Seu último emprego foi em 2012, quando substituiu Diego Armando Maradona no Al-Wasl. Ele pediu afastamento do cargo para poder se tratar do câncer.

O Senegal de Metsu impressionou o mundo ao derrotar a França, então campeã do mundo, na estreia da Copa de 2002 por 1 a 0. A seleção africana, que contava com jogadores como Papa Bouba Diop e El Hadji Diouf, se classificou na segunda posição do Grupo A, eliminou a Suécia por 2 a 1 na prorrogação e caiu nas quartas de final diante da Turquia.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade