PUBLICIDADE

Terra na Copa

Voo SP-Rio durante Copa do Mundo custa quase o mesmo que ir a NY

14 out 2013 - 03h09
(atualizado às 10h15)
Compartilhar
Exibir comentários
<p>Pre&ccedil;os de viagens aumentar&atilde;o durante a Copa do Mundo</p>
Preços de viagens aumentarão durante a Copa do Mundo
Foto: Nacho Doce / Reuters

A oito meses do início da Copa do Mundo no Brasil, passagens aéreas agendadas para a época do torneio já podem custar até dez vezes mais do que o normal, segundo reportagem publicada na Folha de S. Paulo desta segunda-feira. Segundo a publicação, rifa subiu principalmente nos trechos mais procurados, como a ponte aérea entre os aeroportos de Congonhas (São Paulo) e Santos Dumont (Rio), a rota mais movimentada do País. O valor cobrado é superior, por exemplo, ao de bilhetes para a Europa e para os Estados Unidos no mesmo período.

Em um caso destacado pela matéria, o turista que quiser sair do Rio e ir a São Paulo para assistir à abertura da Copa, em 12 de junho, pagará R$ 2.393 ida e volta na TAM. Segundo o jornal, na última quinta-feira o valor era R$ 350 maior; mas abaixou após questionamento da publicação à empresa. Por outras companhias aéreas, o preço é igualmente alto na ponte aérea durante a Copa. A tarifa é mais cara do que ir a Curaçao, no Caribe (R$ 1.900), ou a Buenos Aires (R$ 900) e um pouco menos do que o preço para ir e voltar de Nova York ou Paris. Na Avianca, o bilhete de ida e volta custa R$ 1.893 e na Gol, R$ 1.673. Uma das explicações dadas pelas empresas aéreas é a lei da oferta e da demanda: se mais gente compra, restam menos lugares no voo --e os assentos que sobram encarecem.

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade