0

Alex Atala erra e causa confusão em sorteio da C. das Confederações

1 dez 2012
11h57
atualizado às 14h56
  • separator
  • comentários

Um dos convidados para o sorteio da Copa das Confederações, o renomado chef de cozinha Alex Atala errou ao tirar as bolinhas do sorteio e causou uma grande confusão na formação dos grupos para o torneio que será realizado em 2013. Ao invés de sortear a posição do Uruguai no Grupo B, ele sorteou uma das bolinhas do balde do Grupo A, o que confundiu o secretário geral da Fifa, Jérome Valcke.

Alex Atala (à esq.) se confundiu ao sortear as posições dos países
Alex Atala (à esq.) se confundiu ao sortear as posições dos países
Foto: Marcelo Pereira / Terra

Atala sorteou a posição A3 para o Uruguai, que fazia parte do grupo do Brasil, porém o time celeste não pode ficar no grupo da Seleção por ser também do continente sul-americano. Sem perceber, Valcke colocou o Uruguai na posição 3 do outro grupo, que tem como cabeça de chave a Espanha.

O secretário geral da Fifa só foi perceber o erro quando Atala fez uma confusão ao sortear a posição em que a Itália ficaria no grupo do Brasil. Ele se encaminhava para pegar uma bolinha do pote B, quando Valcke notou e pediu para ele sortear uma bolinha da chave A. Neste momento, Valcke olhou para o papel que havia sido sorteado para o Uruguai e percebeu a falha. Visivelmente irritado, ele disse: "isso é mal", mas seguiu o sorteio mostrando a Itália como a posição 4 no Grupo A, sendo a última adversária do Brasil. 

Em seguida, pelas regras, o próximo país sorteado cairia na chave do Brasil. O papel tirado pela top model Adriana Lima mostrou o nome do México. Para tentar corrigir, Valcke pegou o papel A3, que foi sorteado por Atala para o Uruguai, e colocou esta posição para os mexicanos por conta própria. O secretário geral da Fifa, porém, não esperava que ainda teria mais um problema pela frente. 

Após Adriana Lima sortear o Taiti para ficar na chave da Espanha, Atala tirou a papeleta  B3, posição na qual já estava alocado o Uruguai. Valcke tentou contornar a situação, fazendo um comentário descontraído: "E agora?". Atala deu um sorriso sem graça, mostrando estar envergonhado com o momento. Para consertar, ele deixou o Taiti na posição B3 e colocou o Uruguai na posição B2, que foi a última bolinha que sobrou do sorteio do grupo da Espanha.

Após todas as falhas, Valcke tentou terminar a cerimônia com descontração e perguntou ao dono do restaurante D.O.M., o quarto melhor do mundo, como pretendia recepcionar os turistas no Brasil. Atala já mais calmo, deu uma resposta com humor. "Receberemos com muita caipirinha".

Após o evento, ainda houve uma tentativa de esclarecimento do caso. Antes da entrevista com os técnicos do Grupo B, diante de uma sala lotada com jornalistas de todo o mundo, o representante da Fifa Walter de Gregório precisou se manifestar. “Só para deixar claro, o que aconteceu (erro no sorteio) não teve nenhum influencia no resultado final dos grupos. De resto, falamos com os técnicos e está tudo bem por todos eles. Estão felizes”, assegurou.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade