9 eventos ao vivo

BA: mudanças no trânsito para Copa das Confederações irritam população

4 jun 2013
19h18
atualizado em 5/6/2013 às 20h59
  • separator
  • 0
  • comentários

Nesta segunda-feira, a prefeitura de Salvador iniciou mudanças no tráfego de veículos no entorno da Arena Fonte Nova, por conta da realização da Copa das Confederações. As restrições causaram grandes engarrafamentos na cidade e irritaram a população, especialmente as pessoas que moram próximas ao estádio que abrigará jogos do evento.

Segundo o que determina a restrição especial para as Confederações, o tráfego foi totalmente interditado na avenida Presidente Costa e Silva (Dique do Tororó), que margeia a arena. O trecho exato segue da saída da Ladeira dos Galés (no acesso a nordeste da Fonte Nova) até a rua da Telebahia, na região do Jardim Baiano, condomínio localizado ao lado do estádio. Quem anteriormente acessava o Dique do Tororó em direção à Estação da Lapa – a maior da cidade – terá de fazê-lo pelo Jardim Baiano.

Após a interdição, o trânsito nas avenidas Vasco da Gama, Bonocô e até mesmo em regiões um pouco mais distantes, como Campo Grande, avenida Garibaldi e Rótula do Abacaxi, ficou bastante complicado. Somadas a outras intervenções que a prefeitura executa para tentar diminuir os problemas de mobilidade urbana, a medida provocou caos no trânsito da cidade no início da noite. A restrição ficará ativa até o próximo dia 5 de julho.

Para piorar, moradores da área exigiram a liberação da via e organizaram um protesto, que ajudou a bloquear ainda mais a avenida, que já tinha lentidão devido à mudança. Cerca de 120 pessoas se reuniram e colocaram fogo em pedaços de madeira e móveis, em protesto contra a sensação de insegurança no local, que vive problemas com iluminação pública e, sem o trânsito, expunha a comunidade aos criminosos.

A Polícia Militar (PM) entrou em cena e, após alegar ter negociado o fim do protesto sem sucesso, expulsou os moradores da via usando bombas de efeito moral. De acordo com o comando da PM, os manifestantes agrediram os patrulheiros com pedras. Os moradores da margem do Dique, por sua vez, negaram ter atacado os policiais. 

Em nota oficial, a prefeitura de Salvador se defendeu e disse que a alteração faz parte de um acordo entre a Fifa e o governo federal. “As mudanças não fazem parte daquelas anunciadas pela prefeitura para amenizar os impactos do trânsito em vias de grande movimentação, como acontece no final da avenida Tancredo Neves. No entorno da Arena Fonte Nova, as mudanças seguem até o dia 05/07.”

Por meio de sua assessoria, a Fifa afirmou ter solicitado restrições no entorno dos estádios apenas nos dias de jogos da Copa das Confederações.

Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade