0

Com Dunga, Luís Fabiano supera Pelé, Ronaldo e Romário

29 jun 2009
11h31

Dassler Marques




Não há outra maneira de um centroavante conquistar a confiança do treinador que não seja fazendo gols. Se Dunga levar isso a sério, Luís Fabiano vai garantindo seu lugar no avião de convocados para a próxima Copa do Mundo. O desempenho do atacante, sob o comando do técnico da Seleção Brasileira, é numericamente superior ao dos maiores artilheiros da história na Seleção.

Com os dois gols marcados contra os Estados Unidos, na vitória por 3 a 2 na decisão da Copa das Confederações, Luís Fabiano chegou a 16 em 19 jogos na Era Dunga.

A média de 0,84 gol por partida é melhor que a de Pelé (0,83 gol), Ronaldo (0,62 gol) e Romário (0,83 gol). Os três são os principais artilheiros da história da Seleção.

A boa fase com Dunga tem sabor de redenção para Luís Fabiano, que havia ficado marcado pela irregularidade com Carlos Alberto Parreira. Desde a Copa América de 2004, em que viu brilhar a estrela de Adriano, o atacante não era chamado para a Seleção. Com Parreira, ele fez seis gols em 12 jogos.

Atualmente, Luís Fabiano já é o 21º maior artilheiro da história da Seleção, empatado com Pepe.

Veja os 10 maiores artilheiros da história da Seleção:

1-) Pelé - 95 gols em 114 jogos
2-) Ronaldo - 75 gols em 112 jogos
3-) Romário - 71 gols em 85 jogos
4-) Zico - 68 gols em 94 jogos
5-) Bebeto - 52 gols em 88 jogos
6-) Jairzinho - 44 gols em 106 jogos
7-) Rivellino - 43 gols em 121 jogos
8-) Leônidas - 39 gols em 41 jogos
9-) Tostão - 36 gols em 65 jogos
10-) Ademir de Menezes - 35 gols em 41 jogos

Luís Fabiano marca contra a Itália: 16 gols com Dunga na Seleção
Luís Fabiano marca contra a Itália: 16 gols com Dunga na Seleção
Foto: AP
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade