0

Forlán e Pérez ficam presos em elevador, e Uruguai adia entrevista

22 jun 2013
15h58
atualizado às 16h24
  • separator
  • comentários

Oscar Tabárez e o Uruguai seguem enfrentando problemas no Recife. Além dos transtornos que lidou para conseguir ir a campos de treinamento, como estradas de terra e muita chuva, neste sábado os jogadores Diego Forlán e Diego Pérez ficaram presos por mais de meia hora no elevador da concentração da equipe sul-americana. Por conta disso, o treinador adiou a entrevista que daria na Arena Pernambuco.

<p>Diego Forl&aacute;n e Diego P&eacute;rez (esquerda e centro) ficaram presos em elevador</p>
Diego Forlán e Diego Pérez (esquerda e centro) ficaram presos em elevador
Foto: Marcelo Pereira / Terra

De acordo com o cronograma da Fifa, Tabárez participaria de entrevista às 14h30, antes de treinamento no estádio recifense. O Uruguai está no Grupo B da Copa das Confederações, com três pontos, e depende apenas de uma vitória sobre o Taiti, neste domingo, para se classificar à semifinal. Líder da chave, a Espanha é a favorita para se classificar em primeiro, e tem como desafio a Nigéria.

Diante da ausência do treinador, um representante da Fifa, limitou-se a dar declaração que só gerou mais dúvidas. "Não vou dizer nada. Perguntem aos uruguaios o que aconteceu", afirmou. Pouco depois, com a seleção sul-americana em treino, foi informado o que houve. Desta forma, a entrevista de Tabárez ocorrerá após o treinamento.

Além dos problemas enfrentados pelos jogadores, Recife viu complicações para os jornalistas. Falta de energia na Arena Pernambuco deixou a sala de imprensa sem luz, e os repórteres precisaram trabalhar no escuro.

Fonte: Terra
  • separator
  • comentários
publicidade