1 evento ao vivo

Torcida não poupa Joseph Blatter e vaia presidente da Fifa no Maracanã

30 jun 2013
20h31
atualizado às 20h58
  • separator

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, foi alvo de muitas vaias nas vezes que apareceu no telão do Maracanã, durante a final da Copa das Confederações, que é disputada entre Brasil e Espanha.

Foram pelo menos duas aparições, a segunda abortada logo no surgimento dos primeiros apupos. Quem ganhou aplausos foi uma torcedora da seleção campeã do mundo: a jornalista Sara Carbonero, focalizada no intervalo.

Já a musa Shakira, outra que não tinha motivos para comemorar, só apareceu quando o seu namorado e zagueiro Gerard Piqué foi expulso, no segundo tempo. Primeiro, a torcida mostrou indiferença diante da punição ao rival, mas depois aproveitou para gritar o nome da musa.

O duelo entre Brasil e Espanha acabou não tendo a presença da presidente Dilma Rousseff, que no sábado anunciou sua desistência de comparecer ao estádio. Na abertura da Copa das Confederações, dia 15 de junho, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, a chefe de estado também foi vaiada ao ser anunciada.

Veja também:

Final do Paulistão e início do Brasileiro são os destaques do fim de semana
EFE   
publicidade