0
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Palmeiras vence, mas falha pelo alto e fará 2º jogo com Comercial-PI

23 fev 2011
23h53
atualizado em 24/2/2011 às 00h32

O Palmeiras veio a Teresina com a missão de derrotar o Comercial-PI por um placar acima de dois gols para já assegurar sua classificação à próxima fase da Copa do Brasil. A equipe de Luiz Felipe Scolari, porém, cedeu gol pelo alto no segundo tempo e venceu por "apenas" 2 a 1, resultado que obriga o segundo jogo em São Paulo.

O confronto de volta ocorrerá no Pacaembu, no próximo dia 2 de março, no Pacaembu. Quem passar desde duelo enfrenta o Uberaba, que eliminou o Santa Helena em só um jogo ao vencer por 3 a 1.

Enfrentando uma equipe fraca tecnicamente, o Palmeiras dominou boa parte da partida. Liderado por Valdivia, o time paulista criou boas oportunidades, mas pecou na finalização. A punição veio com gol de Rafael aos 30min do segundo tempo.

Pensando no clássico com o São Paulo, que ocorre no próximo domingo pelo Campeonato Paulista, o Palmeiras não contou todos seus jogadores nesta quarta. Marcos, Marcos Assunção e Luan não viajaram a Teresina, dando chance a outros do elenco.

O jogo

Em Teresina, o confronto no irregular gramado do estádio Albertão foi iniciado sem surpresas, levando-se em conta o fato de ser um desafio entre um grande e um pequeno. Empolgado, o Comercial-PI impôs uma correria nas primeiras investidas para tentar surpreender a boa defesa do adversário. Enquanto isso, o Palmeiras concentrava as jogadas em Valdivia para quebrar o ritmo dos donos da casa.

A qualidade superior palmeirense não demorou a aparecer. Aos 13min, a conclusão de Maurício Ramos dentro da área acabou desviada e quase entrou no canto direito. Pouco depois, Kleber carimbou o travessão em uma cabeçada. O Comercial-PI começou a se assustar.

Apesar de atuar em ritmo de treino, o Palmeiras balançou as redes com o aguardado gol de Adriano "Michael Jackson", de cabeça, aos 31 minutos. Na comemoração, havia uma grande expectativa sobre a dança em homenagem ao antigo ídolo pop, mas o jogador mostrou timidez com a camisa alviverde.

Por outro lado, na função de atacante, Adriano parecia disposto a apresentar trabalho. Pouco antes do intervalo, ele ganhou na raça a disputa com a zaga e saiu na cara do gol. Desta vez, a mira do "Michael Jackson" falhou e o chute saiu em cima do goleiro Neto.

No segundo tempo, o Palmeiras voltou disposto a definir a fatura. No primeiro minuto depois do intervalo, Kleber recebeu a cobrança de lateral de Cicinho na área, girou sobre Rafael e bateu de perna esquerda, firme, inapelável, no canto direito do goleiro Neto. O placar já garantia a vaga antecipada aos paulistas.

O Comercial continuou, todavia, acreditando em evitar a eliminação. Primeiro, tentou reagir na conclusão de letra de Zé Rodrigues que ficou nos braços de Bruno. Mas a palavra gol foi pronunciada apenas na cabeçada de Rafael, no ângulo, aos 30min. O gol foi comemorado como um título e assegurou a presença dos piauienses no confronto de volta.

No fim, Felipão apelou ao desespero com as entradas de Tinga e Miguel para tentar o terceiro gol. Contudo, o Comercial-PI se segurou bravamente na defesa.

Comercial-PI 2 x 1 Palmeiras

Gols

Comercial-PI:
Rafael, aos 30min do segundo tempo
Palmeiras:
Adriano, aos 31min do primeiro tempo; Kleber, ao 1ºmin do segundo tempo

Comercial-PI: Neto; Barata, Alisson, Rafael e Thiago; Ivan, Evandro, Binha (Puxinha) e Isael (Bezerra); Toni e Zé Rodrigues (Chrislan). Técnico: Anibal Lemos

Palmeiras: Bruno; Cicinho (Tinga), Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; João Vitor, Márcio Araújo, Patrik e Valdívia (Chico); Adriano (Miguel) e Kleber. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Cartões amarelos
Comercial-PI: Maurício Ramos e Valdívia
Palmeiras: Thiago, Isael, Binha e Alisson

Árbitro
José de Caldas Souza (DF)

Local
Estádio Albertão, Teresina (PI)

Com informações da Gazeta Press.

Jogadores do Palmeiras comemoram gol em Teresina
Jogadores do Palmeiras comemoram gol em Teresina
Foto: Agência Lance
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade