0
Logo do Copa do Brasil
Foto: terra

Copa do Brasil

Técnico do Vitória esboça escalação contra o Santos

3 ago 2010
14h17
atualizado às 14h18
Marcele Facchinetti
Direto de Salvador

Depois de manter os portões fechados para imprensa e torcedores por quase toda a manhã, no Barradão, em Salvador, o técnico do Vitória, Ricardo Silva, apresentou a possível formação da equipe que jogará contra o Santos na final da Copa do Brasil.

"Em primeiro lugar, peço desculpas por ter fechado os portões, mas tenho que esconder algumas jogadas para surpreender o adversário", disse o treinador, que trabalhou com três escalações.

"No primeiro momento utilizei Renato no lugar de Fernando e depois coloquei Júnior, mas a confirmação só será amanhã", afirmou Silva, que ainda falou sobre uma possível entrada de Nino Paraíba, que estava contundido.

"Ele está com vontade de jogar e eu senti confiança nele, porém, se não der, vou ter que colocar o Gabriel para atuar na lateral direita e não na posição de zagueiro", acrescentou o técnico.

O treinador do Vitória confirmou a volta do goleiro Viáfora, maior ídolo da torcida, à equipe.O jogador, por sua vez, parabenizou Lee, que atuou no último jogo na Vila Belmiro.

"Quero cumprimentar Lee por sua performance no jogo contra o Santos." Sobre a partida final da Copa do Brasil, Viáfora disse que espera reverter o quadro (o Santos venceu o jogo de ida na Vila Belmiro, por 2 a 0), apesar de considerar a tarefa difícil. "Acredito que a força do Barradão irá ajudar bastante no resultado da equipe."

Nino, afastado por contusão, realizou treinamento nesta terça e também na última segunda, e Ricardo Silva vai esperar o dia da partida para decidir se vai escalá-lo ou não.

A escalação ficou da seguinte forma: Viáfara; Nino ou Gabriel, Wallace, Anderson e Egídio; Neto Coruja, Bida, Fernando, Renato ou Júnior, e Ramon, Elkeson e Schwenck.

Equipe baiana terá que reverter, no Barradão, derrota por 2 a 0 para time paulista em primeiro jogo final
Equipe baiana terá que reverter, no Barradão, derrota por 2 a 0 para time paulista em primeiro jogo final
Foto: Sergio Barzaghi / Gazeta Press
Especial para Terra

compartilhe

publicidade
publicidade