0

AFA diz que contrato de Maradona terminou, mas abre portas ao treinador

7 jul 2010
15h17
atualizado às 16h14

A Associação do Futebol Argentino (AFA) informou nesta quarta-feira que apenas "um vínculo afetivo" une Diego Maradona à seleção nacional, ao explicar que o contrato do treinador com a entidade chegou ao fim.

Torcida quer permanência de Maradona
Torcida quer permanência de Maradona
Foto: AP

"O contrato assinado (com Maradona) terminou com a Copa do Mundo, como ocorre com as federações de todos os países", afirmou Ernesto Cherquis Bialo, porta-voz da entidade.

No entanto, em declarações à imprensa local, Cherquis Bialo disse que a continuidade do astro argentino à frente da seleção depende do próprio Maradona.

O porta-voz assegurou que a AFA está "submetida à vontade do treinador" e, nesse sentido, sustentou que "a decisão de continuar ou não dependerá sempre de Diego".

"Julio Grondona (presidente da AFA) não vai fazer nada que prejudique Maradona, nem moral, nem profissional, nem humanamente", ressaltou.

"Ele deu tanto ao futebol argentino, e o futebol argentino está tão agradecido a Diego, que a AFA tem que ser envolvida nesse tributo. Quando Grondona diz que 'Maradona pode fazer o que quiser', diz a verdade", afirmou, se referindo a declarações feitas pelo dirigente na África do Sul.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

EFE   
publicidade