3 eventos ao vivo

Alemanha e Inglaterra têm rivalidade histórica em Copas

24 jun 2010
06h29
atualizado às 07h13

Alemanha e Inglaterra voltam a se encontrar neste domingo em uma Copa do Mundo, desta vez pelas oitavas de final, em confronto marcado por grande rivalidade e que já decidiu um Mundial. O jogo será às 11h (de Brasília), no Estádio Free State, em Bloemfontein, a 400 km de Johanesburgo.

Alemães e ingleses já se enfrentaram quatro vezes em Copas do Mundo, e, contando todos os torneios e amistosos, o número de partidas já chega a 27. Entretanto, duas partidas são especiais.

A primeira delas, claro, é a final da Copa de 1966, quando, jogando em Wembley, a Inglaterra conquistou seu primeiro - e até agora único - título Mundial ao vencer o rival por 4 a 2, em jogo polêmico, decidido na prorrogação.

Em 30 de julho de 1966, ingleses e alemães chegaram aos 45min do segundo tempo empatados em 2 a 2, graças a um gol marcado por Wolfgang Weber no penúltimo minuto de tempo regulamentar.

Na prorrogação, uma bola chutada por Hurst bateu na trave e quicou no chão. A dúvida persiste até hoje: ela entrou ou não? O Fato é que a arbitragem confirmou o gol, e os ingleses fizeram o quarto gol e confirmaram o título.

A revanche não demorou a acontecer. No Mundial seguinte, a cidade de León, no México, recebeu um grande jogo. A Inglaterra foi para o intervalo vencendo por 2 a 0, mas a Alemanha empatou a tempo de levar a decisão para a prorrogação, e então conseguiu a virada.

Boa parte da história do confronto, portanto, está nessas duas partidas. Entre os jogadores ingleses estavam o goleiro Gordon Banks, Nobby Stiles, Bobby Charlton, seu irmão Jackie Charlton, o capitão Bobby Moore, Martin Peters, Alan Ball e Geoff Hurst.

Do lado rival, destaque para o capitão Uwe Seeler, Wolfgang Weber, o jovem Franz Beckenbauer, Karl Heinz Schnellinger, Helmut Haller, Sepp Maier, Gerd Müller e Wolfang Overath. Muitos deles estiveram nos dois jogos.

A atuação de Peter Bonetti defendendo o gol da Inglaterra no jogo do México, após uma indisposição do titular Gordon Banks, foi fundamental para a Alemanha devido a suas falhas, que o fizeram entrar em uma ingrata lista de goleiros ingleses que falharam em Mundiais - lista que ganhou um o acréscimo de Robert Green em 2010.

Após aqueles dois jogos históricos, os demais confrontos entre ingleses e alemães parecem quase jogos de crianças, embora tenham acontecido outras duas vezes em Copas do Mundo.

Em 1982, em Madri, empataram sem gols em jogo válido por um grupo da segunda fase, que valia uma vaga para as semifinais (conquistada pela Alemanha, que deixou, além dos ingleses, a anfitriã Espanha para trás).

O último confronto aconteceu em 1990, na Itália. Os rivais se encontraram em Nápoles, em uma das semifinais. Após empate por 1 a 1 no tempo normal, a Alemanha venceu nos pênaltis e garantiu vaga na decisão, na qual venceria a Argentina.

Somando jogos amistosos, partidas da Eurocopa e eliminatórias para o Mundial, a vantagem é inglesa: são 12 vitórias, cinco empates e dez derrotas. Os britânicos marcaram 47 gols e sofreram 34.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

Na final do Mundial de 1966, Inglaterra venceu seu único Mundial sobre o rival, com gol polêmico até hoje
Na final do Mundial de 1966, Inglaterra venceu seu único Mundial sobre o rival, com gol polêmico até hoje
Foto: AP
EFE   
publicidade