3 eventos ao vivo

Em momento histórico, Gana e Uruguai duelam por "intrusão" em semi

2 jul 2010
02h56
atualizado às 03h04
Celso Paiva
Direto de Johannesburgo

Na partida de quartas de final mais inesperada desta Copa do Mundo, Gana e Uruguai duelam no Estádio Soccer City para definir quem será a surpresa das semifinais. Se nas outras partidas há no mínimo uma seleção entre as que eram apontadas favoritas para chegar à reta final (Brasil, Argentina, Espanha, e talvez, Holanda e Alemanha), poucos poderiam prever que os ganeses ou uruguaios ficassem entre os quatro últimos.

Para esta partida, as duas equipes chegam motivadas pelo fato de estarem perto de fazer história. Se avançar, Gana se tornará a primeira seleção africana a chegar em uma semifinal de Copa do Mundo. O país já igualou Camarões (1990) e Senegal (2002) avançando até às quartas. Em caso de classificação, os uruguaios, no mínimo, igualarão sua melhor posição nos últimos 40 anos (quando foi quarto, em 1970).

Único representante africano que restou no Mundial realizado exatamente neste continente, Gana foi abraçada pelos demais países da região e, principalmente, pelo povo sul-africano, que já até apelidou a equipe de "Bagana Bagana", em referência ao nome dado a seleção sul-africana de futebol, os Bafana Bafana. Sabendo da proporção de sua campanha, os jogadores usam o apoio do povo africano a seu favor.

"Agora somos representantes da África e estamos orgulhosos. Não nos sentimos pressionados, estamos unidos e nada nos assusta. Para mim é uma sensação formidável, todo o continente africano está nos apoiando e todo nosso país. No começo da Copa disseram que não íamos conseguir nada e agora todos nos respeitam", afirmou o atacante Asamoah Gyan.

Porém, para o duelo contra os uruguaios, o técnico sérvio Milovan Rajevac sabe que terá alguns desfalques importantes. O zagueiro e capitão John Mensah e o meio-campo André Ayew, suspensos, não jogam. O treinador ainda sofre com alguns jogadores, como Hans Sarpei e Kevin-Prince Boateng, que saíram bastante desgastados do duelo de oitavas de final contra os Estados Unidos, vencido na prorrogação por 2 a 1.

"Temos quatro ou cinco jogadores que apontaram algum tipo de lesão. Ficarei a cargo do departamento médico para decidir quem escalo. Isso só conseguirei decidir no dia do jogo, horas antes da partida", afirmou Rajevac, em entrevista concedida um dia antes do duelo no Soccer City.

Do lado uruguaio, o único desfalque deve ser o zagueiro Diego Godín, que está machucado. Mauricio Victorino será seu substituto. Outra alteração será feita por ordem técnica. Álvaro Pereira deixará a equipe, para a entrada de Álvaro Fernández. O técnico Oscar Tabárez prefere esquecer a campanha histórica que está fazendo para tirar a pressão de cima dos seus jogadores.

"A realidade que estou passando, se me ponho a pensar muito, me assombra. Não quero me meter na questão histórica. Quando se terminar tudo, posso pensar no que atingimos. Temos que estar totalmente focados, não queremos sair, faço um exercício mental",analisou.

O treinador tem como principal arma o seu trio ofensivo, formado por Cavani, Forlán e Suárez, um dos melhores ataques da Copa do Mundo até então. "Creio que temos uma boa potência. Na minha maneira de ver o futebol, a capacidade individual tem feito a diferença. Os três têm dado provas nos seus meios que tem um potencial grande. Mas não passo nenhuma responsabilidade para eles diferente dos outros. A gente espera que deem o melhor de si, estamos preparados", afirmou Tabárez.

Uruguai e Gana se enfrentam no Estádio Soccer City, em Johannesburgo, às 20h30 (15h30 horário de Brasília). Quem passar deste confronto irá encarar na semifinal da Copa do Mundo o vencedor do duelo entre Brasil e Holanda, que também acontece nesta sexta-feira, às 16h (11h de Brasília).

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

Uruguai pode voltar à uma semifinal de Copa do Mundo depois de 40 anos, caso vença Gana, a "esperança africana"
Uruguai pode voltar à uma semifinal de Copa do Mundo depois de 40 anos, caso vença Gana, a "esperança africana"
Foto: AP
Fonte: Terra
publicidade