11 eventos ao vivo

Envergonhado por caso com prostituta, Ribéry pede desculpas

3 mai 2010
12h31
atualizado às 12h58

O meia francês Franck Ribéry disse em entrevista para a TV francesa TF1, no último sábado, que a revelação da relação sexual que teve com a prostituta Zahia Dehar machucou a sua família, segundo o jornal inglês Daily Mail. Nem mesmo a provável conquista do Campeonato Alemão pelo Bayern de Munique tirou a preocupação do jogador com sua mulher Wahiba Belhami e seus dois filhos.

Ribéry pagou cerca de R$ 4 mil para passar a noite com Zahia, como presente de aniversário, no ano passado. O problema é que a meretriz tinha menos de 18 anos na época. Além do jogador do Bayern de Munique, a prostituta teve relações sexuais com mais dois jogadores da seleção francesa, o meia Sidney Govou e o atacante Karim Benzema.

Apesar de alegar que não sabia que Zahia tinha 17 anos, Ribéry pode pegar três anos de prisão, além de pagar uma multa de cerca de R$ 105 mil.

O juiz do caso, Andre Dando, disse que a revelação do caso pode danificar a imagem de Ribéry. Já a ministra de esportes da França, Rama Yade, afirmou que seria melhor o atleta abandonar a seleção francesa se for considerado culpado.

Ribery afirmou que está preocupado com sua família
Ribery afirmou que está preocupado com sua família
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade