Futebol

publicidade
11 de junho de 2010 • 09h46 • atualizado às 12h33

Festa de abertura tem Mandela no telão e danças típicas

Danças típicas foram destaque de cerimônia de abertura em Johannesburgo
Foto: AFP
Allen Chahad
Celso Paiva
Direto de Johannesburgo

Com Nelson Mandela presente apenas no telão, a cerimônia de abertura da Copa do Mundo de 2010 foi marcada pelas danças típicas da África do Sul. Nesta sexta-feira, uma grande festa, que durou 30 minutos e teve como tema "Recebendo o Mundo em Casa", organizou-se no Estádio Soccer City, onde foram exibidos até uma miniatura do estádio e um besouro gigante.

Na cerimônia, era esperada a presença do ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela. Após a morte de sua bisneta, Zenani Mandela, na madrugada desta sexta-feira, ele não se dirigiu ao estádio, porém não deixou de dar o seu recado. Mandela gravou a seguinte mensagem, que apareceu no telão: "a generosidade do espírito humano pode superar todas as adversidades".

Outras figuras políticas importantes, de qualquer forma, acompanharam as movimentações de perto, como o presidente sul-africano, Jacob Zuma, o arcebispo de Johannesburgo, Desmond Tutu, e o presidente da Fifa, Joseph Blatter. Também estava na tribuna a atriz sul-africana Charlize Theron, que já havia sido protagonista durante o sorteio dos grupos do Mundial, em 2009.

Dentro do gramado, espaço para estrelas internacionais, como o cantor americano R. Kelly e o argelino Khaled. Eles se revezaram com artistas locais, entre eles o grupo Soweto Spiritual Singers e o trompetista Hugh Masekela.

As equipes participantes da competição foram apresentadas de uma forma bastante peculiar. Cerca de 370 crianças se reuniram e, erguendo bolas laranjas, formaram um mosaico no qual se lia o nome das 32 seleções que estão na África do Sul. Enquanto isso, bandeiras de todas as 208 nações que disputaram as Eliminatórias no mundo todo estavam no entorno do campo.

A originalidade também marcou a apresentação da bola da Copa. Um modelo gigante da controversa Jabulani foi "dominada" por um grande besouro. O inseto é utilizado para combater pragas nos campos do país, daí sua importância e simbolismo.

Uma miniatura do Soccer City - palco que abrigará tanto a abertura da competição, entre África do Sul e México, quanto a decisão marcada para 11 de julho - ainda se destacou no centro do gramado. Os demais estádios do Mundial foram apresentados no telão.

O fato de se tratar da primeira Copa do Mundo realizada em território africano também mereceu uma menção na cerimônia. Entre as evoluções dos artistas, foi montado um enorme mapa-múndi, com a África no centro.

As bandeiras dos países do continente que participarão do evento (Costa do Marfim, Gana, Camarões, Nigéria e Argélia, além dos donos da casa) ainda foram especialmente retratadas, sendo colocadas em uma árvore central enquanto todas as nações participantes eram apresentadas.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa
SMS: receba as noticias e os gols da Seleção no seu celular; envie COPA para 83772

Terra