0

Fifa incrementa experiência de deficientes visuais na Copa

13 mai 2010
11h32
atualizado às 12h08

Uma parceria entre a Fifa e duas entidades possibilitará a deficientes visuais uma experiência diferente em 44 partidas da Copa do Mundo da África do Sul. Em seis estádios do Mundial, 15 assentos serão reservados a eles, que poderão acompanhar os jogos com o auxílio de fones de ouvido, por meio de um sistema de descrição diferenciado.

O conteúdo que será fornecido aos deficientes visuais se distancia das transmissões de rádio e TV tradicionais. O foco da narração, mais rápida e detalhada, é o movimento da bola - levando-se em consideração, inclusive, a posição desses espectadores no estádio. Outras medidas como a proibição de comentários interpretativos ou carregados de emoção e a transmissão das informações gerais sobre a partida somente antes de seu início também são características do projeto.

Profissionais ligados ao Instituto para o Progresso do Jornalismo foram destacados para treinar e coordenar o trabalho dos narradores, também jornalistas, enquanto estudantes de Engenharia de Som trabalharão na área técnica, assegurando uma boa transmissão e a segurança de que os deficiente visuais aproveitarão de forma plena a iniciativa.

Os outros parceiros da Fifa no projeto são a Associação Nacional para os Deficientes Visuais da Suíça e o Conselho Nacional para os Deficientes Visuais da África do Sul.

Segue a lista dos estádios que oferecerão esse serviço durante a Copa do Mundo:

Soccer City (Johannesburgo): 8 jogos
Ellis Park (Johannesburgo): 7 jogos
Loftus Versfeld Stadium (Tshwane/Pretória): 6 jogos
Durban (Durban): 7 jogos
Nelson Mandela Bay (Baía Nelson Mandela/Port Elizabeth) : 8 jogos
Green Point (Cidade do Cabo): 8 jogos

O Ellis Park, em Johannesburgo, é um dos estádios que terão assentos especiais para deficientes visuais
O Ellis Park, em Johannesburgo, é um dos estádios que terão assentos especiais para deficientes visuais
Foto: AFP
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade