1 evento ao vivo

"Fora" da Copa, Ronaldinho mira chance em 2014

17 mai 2010
08h31
atualizado às 12h42

Ronaldinho não está entre os 23 convocados para o Mundial da África do Sul, mas acredita que demonstrou ainda ser um jogador "válido" e afirmou ter cumprido, nesta temporada, seu papel com a camisa do Milan. O atleta também mostrou estar motivado a lutar por vaga na Copa de 2014, que será no Brasil. "Nessa eu quero estar", disse o meia.

O brasileiro admitiu em uma entrevista ao jornal esportivo Corriere dello Sport que nesta temporada se esforçou muito no Milan para poder estar na África do Sul e que, embora não tenha sido chamado, respeita a decisão do técnico Dunga.

Sobre a temporada recém-encerrada, em que o Milan ficou em terceiro no Campeonato italiano, atrás da Inter de Milão e da Roma, Ronaldinho se mostrou satisfeito com o resultado e elogiou o treinador Leonardo.

O atleta lamentou a saída de Leonardo do clube e ressaltou que neste ano o técnico tinha permitido que ele jogasse em uma posição na qual conseguiu se expressar ao máximo. Ao contrário da campanha 2008-2009, quando o técnico Carlo Ancelotti o deixou muito tempo no banco.

Ronaldinho reconheceu que deve muito a Leonardo, porque ele foi o treinador que o ajudou a reconquistar "a confiança, o entusiasmo e a alegria de jogar".

Apesar de não estar entre os 23 convocados, Ronaldinho está incluído em uma lista de espera com sete nomes e pode ser chamado em caso de lesão ou algum outro tipo de impedimento.

Ronaldinho afirmou que gostaria de participar da Copa de 2014, no Brasil, quando terá 34 anos
Ronaldinho afirmou que gostaria de participar da Copa de 2014, no Brasil, quando terá 34 anos
Foto: AP
EFE   
publicidade