0

Ganês que lesionou Ballack pode não enfrentar Alemanha

19 mai 2010
11h28
atualizado às 11h30

A Federação Ganesa de Futebol quis colocar panos quentes na polêmica envolvendo seu atleta Kevin-Prince Boateng e o alemão Michael Ballack. Depois da ameaça de Ballack de processar o ganês por causa do carrinho que causou sua contusão, os ganeses pediram desculpas oficialmente ao jogador do Chelsea.

O meio campista Ballack assiste ao treino da seleção alemã
O meio campista Ballack assiste ao treino da seleção alemã
Foto: EFE

"Nós sentimos muito que o Ballack não poderá fazer parte da Copa do Mundo. Ele é muito conhecido e querido em Gana. Nós desejamos o melhor para ele e queremos vê-lo em campo rapidamente", afirmou o diretor da seleção ganesa e porta voz da Federação, Anthony Baffoe, nesta quarta-feira.

Para amenizar ainda mais as polêmicas, Baffoe deixou no ar a possibilidade de Boateng ficar fora da partida contra os alemães, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa. "Nosso treinador que vai decidir se Kevin vai jogar ou não, mas eu posso dizer que ele não queria que o Ballack se machucasse, ainda mais tão seriamente. Tenho certeza que ele sente muito", falou o dirigente.

Alemão naturalizado ganês, Boateng, inclusive, disse que pediu desculpas ao meio campista duas vezes logo após a dura entrada e o fez novamente em público.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade