0

Mulher de árbitro da final critica: "não controla nem os filhos"

10 jul 2010
18h19

Sempre contestados pelos torcedores por suas decisões dentro de campo, os árbitros encontram em suas famílias o porto-seguro para esquecerem as críticas. Mas não é o caso do inglês Howard Webb, designado para apitar a decisão da Copa do Mundo entre Holanda e Espanha. Sua mulher, Kay Webb, afirmou em entrevista ao Daily Star não entender a decisão da Fifa.

A mulher disse que não sabe como o árbitro inglês consegue, pois não toma conta direito de seus três filhos (Holly, Jack e Lucy), ainda mais controlar uma final de Copa do Mundo. Ao contrário da mulher, os pais de Webb ficaram orgulhosos pela escolha do filho.

Sargento da polícia de South Yorkshire, o árbitro, de 38 anos, será auxiliado por Darren Cann e Mike Mullarkey na final entre Espanha e Holanda, que será disputado às 15h30 (de Brasília) de domingo, no Soccer City.

Será a primeira vez que um árbitro apitará a final da Copa do Mundo e da Liga dos Campeões, já que Webb também esteve no comando da vitória da Inter de Milão sobre o Bayern de Munique, em maio, no Santiago Bernabéu.

Será a quarta partida de Howard Webb no Mundial da África do Sul. O inglês apitou a única derrota da Espanha na competição, na estreia contra a Suíça. O árbitro também comandou a eliminação da Itália, na derrota ante a Eslováquia por 3 a 2 e a vitória do Brasil sobre o Chile por 3 a 0 nas oitavas de final. No total, distribuiu 17 cartões amarelos e não aplicou cartão vermelho.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

Howard Webb apitou a derrota da Espanha para a Suíça
Howard Webb apitou a derrota da Espanha para a Suíça
Foto: Reuters
Fonte: Terra
publicidade