8 eventos ao vivo

"Amanhã a gente já retorna a sonhar", diz capitão Lúcio

2 jul 2010
14h45
atualizado às 15h06
Allen Chahad
Renato Pazikas
Direto de Port Elizabeth

Um dos destaques da campanha da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, o zagueiro e capitão Lúcio defendeu o esforço da equipe na derrota desta sexta-feira para a Holanda, por 2 a 1, pelas quartas de final. Para o jogador da Inter de Milão, os jogadores não têm do que se envergonhar e precisam pensar já no próximo Mundial, em 2014.

"Infelizmente, no futebol, só um pode ganhar. Hoje (sexta) tomamos dois gols, o que não é normal. Trabalhamos bastante desde que chegamos aqui e amanhã a gente já retorna a sonhar. Temos que olhar para frente", afirmou.

Aos 32 anos, Lúcio assegurou que continuará à disposição da Seleção para futuras convocações. "Enquanto eu conseguir manter o nível de Seleção, jamais vou descartar a chance de representar bem o meu País", disse o capitão, que também isentou Felipe Melo de culpa pela eliminação. O volante foi expulso no segundo tempo após pisão em Arjen Robben.

"Todo mundo aqui tem um caráter excelente e isso a gente não pode esquecer nunca. Tem que respeitar o juiz. É claro que jogar com um homem a menos traz dificuldades a qualquer equipe, ainda mais porque estávamos atrás no marcador. Mas todo mundo se dedicou ao máximo e, nos detalhes, a Holanda conseguiu superar a gente. Temos que respeitar isso".

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

Fonte: Terra
publicidade