1 evento ao vivo

"De luto", imprensa holandesa lamenta "terceiro trauma"

11 jul 2010
19h07
atualizado às 20h29

A derrota da Holanda na final da Copa do Mundo da África do Sul para a Espanha por 1 a 0 neste domingo repercutiu de maneira dramática nos Países Baixos. A imprensa holandesa lamentou muito a terceira derrota do país em decisões de mundiais e, após o novo trauma, anunciou período de luto.

"De novo não!", estampou a edição online do jornal Edinhovens Brabnt, junto da foto do meia Sneijder caído desolado no gramado do Estádio Soccer City. "No minuto 117 da final, Iniesta deu o veredicto: 1 a 0. Espanha vence sua primeira Copa do Mundo. A Laranja e os países baixos continuam de luto", continua a publicação.

"Iniesta mergulha a Laranja no luto", reforçou o NRC Handelsblad, jornal de Roterdã. O tom foi mais comedido na chamada do De Volksrant, publicação de Amsterdã: "Depois de uma noite emocionante no Soccer City, o título mundial pela seleção holandesa foi ambicioso demais. A Espanha foi vencedora no final", diz a chamada.

O tradicional De Telegraaf definiu a derrota na África do Sul: "Terceiro trauma da Laranja". "A Copa do Mundo da África do Sul fica para a Holanda como o terceiro trauma no futebol. Depois de ter perdido a final em 74 (na Alemanha) e 78 (na Argentina), deu errado desta vez contra a Espanha", diz a publicação.

A imprensa holandesa não citou o estilo pesado e duro de jogo apresentado pelos seus jogadores, que foi muito criticado pela imprensa espanhola.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

publicidade