7 eventos ao vivo

"Olé" espanhol sobre a Alemanha tem seis jogadores do Barcelona

7 jul 2010
17h45
atualizado às 19h45
Fábio de Mello Castanho
César Juárez
Direto de Durban

A Espanha iniciou a semifinal desta quarta-feira contra a Alemanha com seis de seus onze jogadores formados na categoria de base do Barcelona - além do recém-contratado David Villa. E dos pés de Iniesta, Xavi e Pedro, além da cabeça de Puyol, saíram as melhores jogadas e o gol que colocou os espanhóis pela primeira vez em uma final de Copa do Mundo.

O placar de 1 a 0 diante dos alemães no Estádio de Durban foi pouco pelo domínio espanhol, principalmente no segundo tempo. O gol de Puyol, após cobrança de escanteio de Iniesta, saiu aos 27min da segunda etapa, mas poderia ter acontecido bem antes.

No momento do lance, os números mostravam 13 chutes a gol dos espanhóis e apenas quatro dos alemães. A bola ficava 57% do tempo nos pés de jogadores da Espanha, e a Alemanha tinha dificuldades para levar perigo ao gol adversário.

Panorama muito diferente das vitórias avassaladoras dos alemães em duelos contra Inglaterra e Argentina. No banco, o técnico Joachim Löw esbravejava e mostrava um pouco de surpresa pelo bom futebol espanhol, apesar de ter dito na véspera que sabia de cor e salteado como os adversários jogavam.

E parte dos méritos tem que ser dada ao técnico Vicente del Bosque, que optou por Pedro no lugar de Fernando Torres, peso morto no ataque espanhol até as quartas. O jogador do Barcelona deu outra movimentação ao ataque e, mesmo sendo fominha muitas vezes, foi um dos melhores em campo.

Mais regular e decisiva do que o atacante foi a dupla de meio-campistas Xavi e Iniesta. Como se jogassem uma partida no Camp Nou, tomaram conta do setor, fizeram os elogiados Schweinsteiger e Özil sumirem e só não serão mais lembrados pela partida do que Puyol, seguro na defesa e decisivo na cabeçada que balançou as redes de Neuer.

Busquets e Piqué completaram o sexteto barcelonista com atuações sem o mesmo destaque dos companheiros de clube, mas também cumpriram bem suas funções. Havia ainda Villa, que não brilhou como em partidas anteriores do Mundial. Se for campeã pela primeira vez de uma Copa do Mundo, a Espanha deverá muito aos jogadores do time catalão.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

Fonte: Terra
publicidade