0

"Sou o homem mais feliz do mundo", diz ganense Gyan

26 jun 2010
19h11
atualizado às 19h40

O atacante Asamoah Gyan, autor do gol da vitória de Gana sobre os Estados Unidos por 2 a 1, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, não escondeu a alegria depois da partida deste sábado. O artilheiro comemorou a passagem do time às quartas - que igualou as melhores campanhas africanas na história dos Mundiais - e se disse o homem "mais feliz do mundo".

"Quero dizer uma coisa: sou o homem mais feliz do mundo! Chegamos às oitavas de final em 2006 e agora damos mais um passo", disse o atacante, que marcou o gol da vitória aos três minutos da prorrogação.

"Somos o único país africano a passar da primeira fase, e agora não representamos apenas Gana, mas toda a África", disse o jogador, já pensando no confronto diante do Uruguai, pelas quartas de final.

Gyan, com três gols neste Mundial, lidera a artilharia do torneio, ao lado do argentino Gonzalo Higuaín, do uruguaio Luis Suárez, do espanhol David Villa e do eslovaco Robert Vittek - além do americano Landon Donovan, eliminado por Gana neste sábado.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
publicidade