0

Rivalidade, maldição e tabu de 72 anos marcam Inglaterra x Alemanha

27 jun 2010
02h13
atualizado às 11h18
Diego Garcia

Alemanha e Inglaterra se enfrentam neste domingo, às 11h (de Brasília), no Estádio Free State, em Bloemfontein, e fazem o clássico mais esperado das oitavas de final da Copa do Mundo da África do Sul. Para avançar, os britânicos precisam quebrar um tabu de 72 anos em que ninguém consegue eliminar os alemães antes das quartas.

Finalistas em 1966, duas das principais potências futebolísticas disputam uma "decisão antecipada" já na primeira fase do mata-mata e buscam calar os críticos, após atuações contestadas no estágio inaugural da competição sul-africana.

Com o duelo precoce entre os dois gigantes europeus, o Terra decidiu listar uma série de curiosidades sobre o confronto, que completou 80 anos de história neste ano de 2010.

Confira abaixo a relação:

Copa de 1938 - essa foi a primeira e única vez que alguém conseguiu derrubar a poderosa Alemanha antes das quartas de final de um Mundial. A Suíça venceu por 4 a 2, após empate na primeira partida (1 a 1), e mandou os germânicos prematuramente para casa na etapa inicial do 1º Mundial na França.

Tabu inédito - em Copas, ninguém jamais eliminou os alemães em uma fase de oitavas de final. Esse país jogou por esse estágio em 1986 (ano em que foi instituída esta etapa no torneio), 90, 94, 98, 2002 e 2006, e avançou às quartas em todas as vezes. Na derrota de 1938, o confronto que decretou a queda germânica foi válido pela primeira rodada.

10 de maio de 1930 - foi a data do primeiro embate entre ambos, em Berlim. O britânico Joe Bradford fez o primeiro tento da história do confronto aos 8min do primeiro tempo, Richard Hoffman fez três para a Alemanha, Joe fez outro para os ingleses e David Jack empatou no fim, dando números finais ao marcador do Estádio Grunewald: 3 a 3.

Maldição de 1966 - a equipe do Reino Unido foi campeã em cima da própria Alemanha com um tento ilegal de Hurst na prorrogação, quando a bola não passou a linha do gol. Depois disso, nunca mais venceu os rivais em Copas. Caiu nas quartas de 1970 (3 a 2), empatou sem gols em 1982 (os germânicos foram finalistas) e foi eliminado novamente na semifinal de 1990 (1 a 1 no tempo normal e 4 a 3 nos pênaltis).

Bruxa à solta - Schweinsteiger, Boateng e Cacau são dúvidas do lado alemão. Rooney, Lennon e Carrick sentiram dores e também podem ser desfalques pelos ingleses, isso sem mencionar Ballack e Beckham, cortados antes do Mundial. Além da "crise dos goleiros" germânicos - o suicídio de Robert Enke e a lesão de Rene Adler - e do caso extra-conjugal de Terry com a mulher de Bridge, que pediu dispensa antes do início do torneio.

O pior ataque - com os dois gols feitos até agora, a Inglaterra igualou o seu pior ataque em primeiras fases. Fez a mesma quantidade de gols que em 1970, 1990 e 2002. Coincidentemente, encarou a mesma Alemanha nas duas primeiras vezes, sendo eliminada em ambas (quartas de 70 e semi de 90). Em 2002, caiu diante do Brasil nas quartas, que venceu os próprios germânicos na decisão e foi campeão.

Derrota normal - dos três títulos alemães, em dois a seleção foi derrotada na primeira fase. Perdeu para a Hungria em 1954 (8 a 3) e para a Alemanha Oriental em 1974 (1 a 0). Apenas em 1990 foi campeã sem perder nenhuma partida.

Times caseiros - as duas equipes são as únicas entre os 16 finalistas que possuem todos os 23 atletas atuando no próprio país. Além das duas, apenas a Itália tinha o mesmo privilégio, mas não passou da primeira fase.

O desempate - em competições oficiais, são quatro vitórias para cada lado e quatro empates. A partida deste domingo será o desempate do confronto. Se forem contabilizados amistosos, são 12 triunfos ingleses, dez alemães e cinco empates. Nos gols, 47 a 34 para o time do Reino Unido.

Duelo de contestados - os dois selecionados penaram para avançar na primeira fase e se classificaram com triunfos suados em seus últimos jogos. A Inglaterra venceu a Eslovênia por 1 a 0 (após empatar sem gols com a Argélia e por 1 a 1 com os EUA), enquanto a Alemanha derrotou Gana pelo mesmo placar (goleou a Austrália na estreia por 4 a 0, mas caiu diante da Sérvia por 1 a 0 na segunda rodada). Chegou a hora da verdade.

As Campanhas:

Alemanha - 1º lugar do Grupo D

Bobby Moore levanta a taça de 66, conquistada sobre a Alemanha na final; nunca mais a Inglaterra venceu o rival em Copas
Bobby Moore levanta a taça de 66, conquistada sobre a Alemanha na final; nunca mais a Inglaterra venceu o rival em Copas
Foto: AP

4 x 0 Austrália - 13/06, Durban
(Podolski, 8min e Klose, 26min do 1º tempo; Muller, 23min e Cacau, 25min do 2º tempo)

0 x 1 Sérvia - 18/06, Port Elizabeth

1 x 0 Gana - 23/06, Johannesburgo
(Ozil, 15min do 2º tempo)

Inglaterra -2º lugar do Grupo C

1 x 1 EUA, 12/06, Rustemburgo
(Gerrard, 4min do 1º tempo)

0 x 0 Argélia, 18/06, Cidade do Cabo

1 x 0 Eslovênia, 23/06, Port Elizabeth
(Defoe, 23min do 1º tempo)

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa
SMS: receba as noticias e os gols da Seleção no seu celular; envie COPA para 83772

Fonte: Especial para Terra
publicidade