0

Sul-africano homenageia Seleção Brasileira com "trombuzela"

12 jun 2010
12h16
atualizado às 13h44
Renato Pazikas
Direto de Johannesburgo

Um torcedor sul-africano encontrou uma maneira diferente de apoiar a Seleção Brasileira em Johannesburgo. Mark Hovy lançou moda e inventou a "trombuzela", mistura de trombone com a vuvuzela, a corneta que faz muito barulho nos estádios do país.

O funcionário público foi um dos torcedores que ficaram do lado de fora da Hoerskool Randburg, escola que recebe os treinos da Seleção, neste sábado. Pela segunda vez em três dias, o técnico Dunga fechou as portas do colégio até para a imprensa - os torcedores ainda não tiveram acesso ao local.

Com a "trombuzela" em mãos, Mark tocou o hino brasileiro enquanto os jogadores chegavam no ônibus para o treino. Luisão acenou como resposta aos torcedores. Maicon batucava no vidro ao ritmo de samba. Dunga deu um tímido sorrido ao ver os fãs na porta da escola.

"Queria fazer uma homenagem à Seleção Brasileira. Tenho certeza de que eles vão ganhar a Copa do Mundo", afirmou Mark, que, apesar de fazer festa, não conseguiu o objetivo de ter sua corneta autografada pelos jogadores.

Além do treino fechado, a Seleção realiza mais dois treinos antes da estreia na Copa do Mundo, terça-feira, contra a Coreia do Norte. O time treina pela noite no domingo e na segunda para se acostumar às condições do jogo, que acontece às 15h30 (de Brasília).

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa
SMS: receba as noticias e os gols da Seleção no seu celular; envie COPA para 83772

Fonte: Terra
publicidade