0

Terry rebate críticas e se vê atuando em nível de Copa do Mundo

29 abr 2010
19h23
atualizado às 19h25

Para o zagueiro John Terry, sua queda de desempenho na temporada após os escândalos envolvendo o a mulher do ex-companheiro de seleção inglesa, Wayne Bridge, não passa de uma falácia. Nesta quinta-feira, o ex-capitão da seleção inglesa se defendeu das críticas sofridas e garantiu que tem apresentado atuações dignas de um jogador de Copa do Mundo.

"Meu desempenho é bom. Pela Inglaterra, acredito que ele tem sido próximo do nível de Copa do Mundo. Ao contrario do que estão falando, minhas atuações pelo Chelsea também", afirmou o zagueiro, em declaração ao site Sky Sport. Terry se vê como injustiçado, já que tem sido analisado pelas atuações em partidas isoladas. "Não dá para jogar bem toda vez", explicou.

"Se eu jogo 50 ou 60 jogos, é normal que em um, dois ou três eu tenha más atuações. É de se esperar que não se consiga ir bem em todos os jogos. Nem Wayne Rooney ou Lionel Messi conseguem fazer isso. É inevitável", continuou. O jogador, que perdeu a braçadeira de capitão após a revelação de seu caso com a ex-mulher de Wayne Bridge, ainda tratou de defender a seleção inglesa.

"Quando se olha para a espinha dorsal do time, vemos jogadores como David James, Ferdinand, Gerrard, Lampard e Rooney, que cresceu muito nestas suas últimas temporadas de Manchester United. Se esses jogadores permanecerem em suas boas fases durante o torneio e com um pouco de sorte, acho que teremos uma chance", complementou, esperançoso pela Copa do Mundo.

Cabeça de chave do Grupo C do Mundial da África do Sul, a Inglaterra estreia na competição em 12 de junho enfrentando os Estados Unidos, às 15h30 (de Brasília), em Rustembergo. A equipe ainda terá pela frente, na primeira fase, as seleções da Argélia e Eslovênia.

Terry rebateu críticos e acredita estar passando por bom momento
Terry rebateu críticos e acredita estar passando por bom momento
Foto: Reuters
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
publicidade