0

Secretário de Estado acredita em Espanha como sede de 2018

25 jun 2010
13h26
atualizado às 13h46

O secretário de Esportes espanhol, Jaime Lissavetzky, afirmou hoje que, para o futebol, seria muito bom que uma Copa do Mundo fosse disputada na Espanha, mas preferiu não especular quais são as chances da candidatura do país para as Copas de 2018 ou 2022.

Durante a apresentação de um projeto da fundação do Real Madrid para o futebol infantil na África do Sul, Lissavetzky ressaltou à Agência que conversou recentemente com o presidente da Fifa, Joseph Blatter, mas sem entrar em detalhes sobre as chances da candidatura.

No próximo dia 2 de dezembro, serão eleitos os países-sedes das Copas de 2018 e 2022, para as quais Espanha e Portugal são candidatos conjuntos a organizá-los.

"Nós achamos que existe uma chance real de acolher o Mundial. O Conselho Superior de Esportes, a Federação Espanhola de Futebol e todo o futebol espanhol fizeram um bom trabalho", assinalou o secretário.

Segundo ele, nos últimos 10 ou 11 anos, foram investidos 200 milhões de euros em infraestrutura nos estádios espanhóis, e poderiam ser apresentados mais estádios além dos que estão incluídos no projeto.

Copa 2010 no celular

Notícias, fotos, classificação, tabelas, artilheiros, estatísticas e curiosidades também estão no celular.
Acompanhe o minuto a minuto de todos os jogos do Mundial e escolha os melhores em campo.
Acesse: m.terra.com.br/copa
Baixe o aplicativo: m.terra.com.br/appcopa

Atriz Ticiane Pinheiro mostra bom humor e habilidade em foto no Twitter
Atriz Ticiane Pinheiro mostra bom humor e habilidade em foto no Twitter
Foto: Twitter / Reprodução
EFE   
publicidade