0

Após confronto, torcida do Sport ironiza Náutico com celulares

20 ago 2013
23h59
atualizado em 21/8/2013 às 11h20
  • separator
  • comentários

Antes mesmo do início do jogo entre Sport e Náutico, nesta terça-feira, já circulavam pelas redes sociais vídeos e fotografias de confronto entre integrantes das torcidas organizadas dos dois clubes na Avenida Conde da Boa Vista. Já dentro da Ilha do Retiro, mesmo antes da bola rolar, a torcida do Sport arranjou uma maneira curiosa de brincar com os adversários ao usar os celulares para iluminar o campo e lembrar que os alvirrubros ocupam a “lanterna” da Série A.

Copa Sulamericana 2013Segunda Fase

SportspoSport2
0NáuticoNáuticocnc-q

  • Felipe Azevedo 4 ' (1T)
  • Patric 41 ' (1T)
    2013-08-20 22:30 GMT-000 (D) FinalizadoIlha do Retiro
    Rubro-negros ironizam torcida do Náutico próximo às cabines de imprensa e com lanternas, do outro lado das arquibancadas
    Rubro-negros ironizam torcida do Náutico próximo às cabines de imprensa e com lanternas, do outro lado das arquibancadas
    Foto: Eduardo Amorim / Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra

    Quando o jogo começou, o que se viu foi domínio do Sport. Aos 3min, Camilo chegou à linha de fundo, mas cruzou nas mãos de Ricardo Berna. A bola voltou para o meia, que na segunda tentativa acertou o cruzamento para Roger, mas o gol só saiu um minuto depois após o terceiro cruzamento do mesmo lado. Patric mandou para a área, Roger tentou finalizar, mas a bola saiu prensada e sobrou para Felipe Azevedo, que dentro da pequena área só teve trabalho de colocar para as redes.

    Ainda no primeiro tempo, aos 42min, Roger deu excelente passe por cobertura para Patric, o lateral recebeu dentro da área, deu um toquinho e bateu cruzado. A bola ainda bateu na trave e entrou: 2 a 0. O placar poderia ter sido ampliado, já que os donos da casa tiveram diversas oportunidades nos contra-ataques, mas pelos gritos de “olé” da torcida nos últimos minutos é de se imaginar que nenhum rubro-negro voltou para casa reclamando por não ter conseguido construir um placar que defina a vaga para a terceira fase da Sul-Americana.

    Para partida da próxima quarta-feira, na Arena Pernambuco, a grande preocupação dos organizadores é a possibilidade de confronto entre integrantes das organizadas dentro das estações do metrô. A segunda e decisiva partida da Sul-Americana será também o primeiro clássico a ser realizado no estádio construído para a Copa das Confederações, que será também sede do Mundial de 2014.

     

    Fonte: Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra Brisa Comunicação e Arte - Especial para o Terra

    compartilhe

    comente

    • comentários
    publicidade
    publicidade