2 eventos ao vivo

Com "mistão", Palmeiras bate Millonarios e se aproxima das quartas

2 out 2012
23h38
atualizado em 3/10/2012 às 00h10
João Henrique Marques
Direto de São Paulo

Mesmo com a maior parte do foco neste final de temporada direcionado para a briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras mostrou atenção à Copa Sul-Americana, pelo menos na noite desta terça-feira. Atuando com uma equipe mista, com atletas poupados do nível de Valdivia e Marcos Assunção, o time de Palestra Itália venceu o Millonarios, da Colômbia, pelo placar de 3 a 1, em duelo disputado no Estádio do Pacaembu, e abriu vantagem no confronto oitavas de final.

» Veja como foi Palmeiras 3 x 1 Millonarios-COL

O resultado positivo conquistado dentro de casa permite ao Palmeiras perder por até um gol de diferença na volta, em solo colombiano. O Millonarios, por outro lado, necessita de um resultado positivo por dois tentos de vantagem, já que marcou um tento na capital paulista, para avançar às quartas de final. Os dois clubes definirão o classificado no próximo dia 23, na Colômbia, a partir das 22h45 (de Brasília).

Antes de novamente se concentrar na Sul-Americana, o Palmeiras retorna à dura realidade da briga contra a queda à Série B. A equipe de Gilson Kleina, que deverá promover os retornos de Marcos Assunção, Valdivia e Barcos (na seleção da Argentina para o Superclássico das Américas desta quarta-feira), enfrenta no sábado, às 16h, o São Paulo, no Estádio do Morumbi, com a possibilidade de deixar a zona da degola já no final de semana.

Mesmo com a falta de entrosamento, já que Kleina enviou um time misto ao gramado, o Palmeiras não demorou a se impor diante dos colombianos na partida desta terça-feira, embora tenha perdido Maikon Leite com pouco mais de 5min de jogo. Com apenas 12min de partida, Daniel Carvalho recebeu com liberdade no meio-campo e descolou um lindo lançamento para Obina. O centroavante dominou e finalizou com precisão.

A vantagem permitiu ao Palmeiras controlar o ritmo de partida e minar qualquer tentativa de reação do adversário. A marcação na saída de bola melhorou com a entrada de Luan no lugar do lesionado Maikon Leite, e os colombianos encontraram dificuldades para organizar as jogadas ofensivas. Assim, a vantagem dos brasileiros ao final do primeiro tempo se manteve intacta, sem ameaças visitantes.

Em busca de uma maior vantagem para a partida de volta, Gilson Kleina abriu a equipe. O treinador abdicou de um volante (Márcio Araújo) e colocou a campo um meia (Tiago Real) para dividir a responsabilidade da armação com Daniel Carvalho, único jogador criativo no setor de meio-campo palmeirense para o duelo desta terça-feira.

Com a presença de mais um atleta no setor, o Palmeiras não demorou a ampliar o marcador, e justamente com Tiago Real. Aos 8min, Luan cruzou na medida para dentro da área na direção do camisa 23, que arrematou, firme, de pé direito, para vencer o goleiro Luis Delgado e dilatar a diferença no confronto oitavas de final.

A diferença no marcador obrigou o Millonarios a se expor dentro do gramado. Foi neste momento que apareceu o goleiro Bruno. O camisa 1, em noite inspirada, evitou pelo menos três tentativas importantes dos colombianos com ótimas defesas. Entretanto, o jogador não conseguiu segurar até o final do jogo. Aos 39min, Cosme deixou Maurício Ramos no chão com um drible e cruzou. Artur não conseguiu evitar o contato com a bola e desviou contra o próprio patrimônio.

A ameaça colombiana, entretanto, durou apenas 4min. Depois de um erro infantil na saída de bola do Millonarios, Luan se antecipou, passou pelo goleiro Delgado e marcou o terceiro gol. Vitória que garante uma boa vantagem para o Palmeiras no confronto. Vaga próxima para as quartas de final do torneio sul-americano que fecha o calendário do futebol continental em 2012.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 x 1 MILLONARIOS-COL

Gols:

PALMEIRAS: Obina, aos 12min do 1º tempo; Tiago Real, aos 8min do 2º tempo; e Luan, aos 42min do 2º tempo

MILLONARIOS: Artur (contra), aos 39min do 2º tempo

PALMEIRAS: Bruno; Artur, Adalberto Román, Maurício Ramos e Juninho; Henrique, Corrêa, Márcio Araújo (Tiago Real) e Daniel Carvalho (Valdivia); Maikon Leite (Luan) e Obina.
Técnico: Gilson Kleina.

MILLONARIOS: Luis Delgado; Lewis Ochoa, Román Torres, Pedro Franco e Járol Martínez; Mayer Candelo, José Luis Tancredi (Jorge Perlaza), Rafael Robayo (Harrison Otálvaro) e Juan Esteban Ortiz (Omar Vásquez); Jhonny Ramírez e Wilberto Cosme.
Técnico: Hernán Torres.

Cartões Amarelos
PALMEIRAS: Adalberto Román
MILLONARIOS: Román Torres, Jhonny Ramírez e Wilberto Cosme

Árbitro
Patricio Loustau (ARG)

Público e Renda
6.549 pessoas e R$ 187.000,00

Local
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Palmeiras superou o Millonarios e poderá perder por um gol de diferença na Colômbia
Palmeiras superou o Millonarios e poderá perder por um gol de diferença na Colômbia
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
Fonte: Terra
publicidade