0

Palmeiras faz três, empolga Pacaembu e elimina Vitória

19 ago 2010
23h46
atualizado em 20/8/2010 às 09h10

Na noite em que o goleiro Marcos completou 500 partidas com a camisa do Palmeiras, dois ex-jogadores do Grêmio Prudente garantiram a classificação do time alviverde na Copa Sul-Americana. Tadeu e Marcos Assunção brilharam nesta quinta-feira, e a equipe paulista derrotou o Vitória no Pacaembu por 3 a 0, garantindo a classificação às oitavas de final do torneio.

Na partida de ida, o Palmeiras havia sido derrotado por 2 a 0, e precisava dos três gols para assegurar a permanência na competição da Conmebol. Nas oitavas, a equipe paulista enfrenta o vencedor de Cerro Porteño e quem passar do confronto entre Universitario de Sucre e Colo Colo.

Antes da partida, o Palmeiras convocou a torcida, que correspondeu e apoiou sua equipe no Pacaembu. O resultado foi um jogo de raça e entrega por parte do time alviverde.

Primeiro tempo

O primeiro lance de perigo da partida saiu aos 3min, quando Ramon alçou bola na área em cobrança de falta e exigiu a saída de Marcos. O Vitória seguiu pressionando o Palmeiras em seu campo de defesa, apostando em uma imprecisa bola aérea. O jogo esquentou aos 14min, quando o árbitro precisou parar a partida para dar bronca em Luiz Felipe Scolari.

As duas equipes arriscavam várias jogadas, mas tropeçavam em falhas técnicas. O Palmeiras enfim criou boa chance ofensiva aos 28min, com chute de Rivaldo defendido por Viáfara. Quatro minutos depois, Marcos Assunção cobrou falta da entrada da área e o goleiro do Vitória apareceu bem novamente.

A pressão palmeirense prosseguiu, e no minuto seguinte Tadeu cabeceou bola no travessão. A próxima chance saiu aos 42min, quando Márcio Araújo tabelou com Tinga e chutou para a defesa de Viáfara.

O abafa da equipe da casa finalmente resultou em gol aos 47min. Tadeu recebeu bola de Marcos Assunção, invadiu a área e tocou com estilo por cima do goleiro do Vitória, seu primeiro gol com a camisa palmeirense.

Gols salvadores

A partida voltou truncada após o intervalo, até que um lance bizarro aos 12min acabou com a monotonia. Uma bola sobrou na lateral, e o goleiro Viáfara saiu da área para buscá-la. Em vez de permitir o lateral, o jogador do Vitória chutou para a intermediária. Na sequência, a bola sobrou para Tadeu, que ampliou para o time da casa.

A resposta do Vitória saiu aos 18min, em cabeçada de Júnior que exigiu boa defesa de Marcos. Mesmo com o resultado positivo, Felipão pôs seu time para frente, escalando Ewerthon e Patrik. O Palmeiras seguiu atacando, mas a marcação visitante voltou a mostrar eficiência. Aos 35min, Patrik arriscou chute da intermediária, mas mandou por cima do gol.

Aos 39min, Renato chutou de fora da área e chutou perto do ângulo de Marcos. O jogo parecia que seguiria aos pênaltis, mas Marcos Assunção acertou uma linda cobrança de falta no ângulo de Viáfara para fazer o terceiro gol do Palmeiras aos 43min. O Vitória buscou reagir, mas já era tarde. Por fim, Marcos e outros atletas palmeirenses foram ao alambrado e jogaram suas camisas à torcida.

FICHA TÉCNICA

Palmeiras 3 x 0 Vitória

Gols
Palmeiras:

Tadeu (2), aos 47min do 1º tempo e aos 12min do 2º tempo, e Marcos Assunção, aos 43min.

Ponto Forte do Palmeiras
Espírito de entrega e raça que tomou conta da equipe, especialmente no segundo tempo, quando o Palmeiras não se acomodou com a possibilidade de resolver a classificação nos pênaltis e garantiu a vitória por 3 a 0.

Ponto Forte do Vitória
Primeiros minutos da partida foram de pressão sobre o Palmeiras.

Ponto Fraco do Palmeiras
O zagueiro Fabrício foi escalado pela esquerda e precisou apoiar o ataque no primeiro tempo, mas não rendeu o esperado.

Ponto Fraco do Vitória
Equipe não conseguiu conter os ataques do Palmeiras no segundo tempo e permitiu os três gols.

Personagens do jogo
Tadeu e Marcos Assunção: os ex-jogadores do Grêmio Prudente garantiram a vitória do Palmeiras. O atacante marcou dois gols, enquanto o meio-campista fez um e deu passe para outro.

Esquema Tático do Palmeiras
3-5-2
Marcos; Maurício Ramos, Danilo e Fabrício (Ewerthon); Márcio Araújo, Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Rivaldo; Luan (Patrik) e Tadeu.Técnico: Luiz Felipe Scolari

Esquema Tático do Vitória
4-4-2
Viáfara; Eduardo Diniz, Anderson Martins, Wallace e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Ramon (Neto Coruja depois Renato) e Thiago Humberto; Elkeson e Schwenck (Junior). Técnico: Toninho Cecílio

Cartões amarelos
Vitória: Ricardo Conceição

Árbitro
Heber Roberto Lopes (PR)

Local
Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Público
22.408 torcedores

Fonte: Redação Terra
publicidade