Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
1930 1934 1938 1950 1954 1958 1962 1966 1970 1974 1978 1982 1986 1990 1994 1998 2002
 


Após 24 anos, o Brasil voltou a conquistar a Copa do Mundo. Realizado nos Estados Unidos, o Mundial viu a Seleção comandada por Carlos Alberto Parreira apresentar um futebol pragmático e ter em Romário seu grande ídolo e salvador.

O atacante vivia uma fase sensacional no Barcelona, da Espanha, e foi convocado pela dupla Parreira/Zagallo somente no último jogo das eliminatórias.

A partir daí o craque desequilibrou. Fez os dois gols da vitória sobre o Uruguai e classificou a Seleção.

Na Copa, Romário marcou cinco vezes e foi determinante na conquista do tão sonhado tetracampeonato.

Na final, diante de uma combalida equipe italiana que embalara nas fases decisivas, o Brasil não saiu do zero a zero no tempo normal e na prorrogação. Nos pênaltis, o craque italiano Roberto Baggio chutou por cima e definiu a vitória brasileira por 3 a 2.

Algumas seleções fizeram uma boa Copa do Mundo. Entre elas a Nigéria, de Jay-Jay Okocha, que caiu nas oitavas-de-final, a Romênia, de Georghe Hagi, eliminada nas quartas, e a Bulgária, de Hristo Stoitchkov, que alcançou as semifinais.

Já a Argentina começou bem e fez uma ótima primeira fase, mas com a suspensão do astro Diego Maradona, pego no exame antidoping, foi eliminada logo na seqüência.

Galeria de fotos

Capitão Dunga ergue a taça do tetra
 
 
Campeão Brasil
 
Vice Itália
 
3º colocado Suécia
 
Artilheiros
Hristo Stoichkov (Bulgária) 6
Oleg Salenko (Rússia) 6
Romário (Brasil) 5
Roberto Baggio (Itália) 5
Juergen Klinsmann (Alemanha) 5
 
Dados da Copa
Ano: 1994
País: Estados Unidos
Data (início/final): 17/06 a 17/07
Seleção vencedora: Brasil
Total de espectadores: 3.587.538
Cidades-sede e estádios: 9
Los Angeles (Rose Bowl), Detroit (Pontiac Silverdome), San Francisco (Stanford Stadium), Chicago (Soldier Field), Dallas (Cotton Bowl), Boston (Foxboro Stadium), Nova York (Giants Stadium), Washington (RFK Memorial Stadium) e Orlando (Citrus Bowl)
 
Dados dos jogos
Países participantes: 24
Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Bélgica, Bolívia, Brasil, Bulgária, Camarões, Colômbia, Coréia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Marrocos, México, Nigéria, Noruega, Romênia, Rússia, Suécia e Suíça
Número de partidas: 52
Número de gols: 141
Média gols / partida: 2,71
Final:
Brasil
(3) 0 x 0 (2)
Itália
 
Destaques da Copa
Romário
(Brasil)

Quando o jogo parecia difícil, atacante surgia para carregar o Brasil rumo ao tetra.
Stoitchkov
(Bulgária)

Artilheiro da Copa com seis gols, ao lado de Salenko, levou Bulgária à semifinal.
Roberto Baggio (Itália)
Apesar de perder um pênalti decisivo, foi reconhecido como um dos craques da Copa.