Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Brasil
Segunda, 22 de maio de 2006, 05h23 
Hotel da Seleção é cercado por seguranças
 
Allen Chahad
Antonio Prada
Wanderley Nogueira
Direto de Weggis (Suíça)
 
Allen Chahad/Redação Terra
Seguranças bloqueiam a entrada do hotel da Seleção em Weggis
Seguranças bloqueiam a entrada do hotel da Seleção em Weggis
 Últimas de Brasil
» Preterido, Ronaldinho tem portas abertas na Seleção
» Amistoso entre Brasil e Estônia terá preços altos
» Na 1ª grande aparição, Ronaldinho encanta suíços
» Hotel da Seleção é cercado por seguranças
Busca
Busque outras notícias no Terra:
No dia da chegada dos jogadores brasileiros, o Park Hotel Weggis foi cercado por cerca de 40 seguranças e policiais. As duas portarias estão com as entradas bloqueadas, e todas as vezes que um carro ou alguém se aproxima caminhando os seguranças abordam e fazem perguntas.

Para facilitar a comunicação com os brasileiros, foi colocado um funcionário que fala português na portaria principal. Dois carros de polícia estão estacionados em frente à recepção. Para complementar a segurança, foi enviado reforço policial de Lucerna, a maior cidade da região. Weggis tem apenas um posto policial, que abre duas vezes por semana.

Até mesmo uma trilha usada por esportistas, que passa por trás do hotel onde a seleção vai ficar hospedada, está sendo vigiada. Um segurança foi colcoado entre as árvores para evitar que alguém tente burlar a segurança e ter acesso ao hotel.

A delegação brasileira vai chegar a Weggis em dois grupos separados. Um, composto por 14 jogadores e integrantes da comissão técnica, vem do Brasil e deve chegar por volta das 10h desta segunda-feira. Os atletas que estão na Europa estão viajando por conta própria e devem chegar ao longo do dia.


 

Redação Terra