Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Curiosidades
Recordaremos algumas histórias curiosas que aconteceram nos Mundiais, desde o primeiro, no Uruguai, em 1930, até o mais recente, jogado na Coréia do Sul e Japão, em 2002.
1930 1934 1938 1950 1954 1958 1962 1966 1970 1974 1978 1982 1986 1990 1994 1998 2002
 


- O atacante alemão Gerd Müller marcou quatro gols durante a competição e se tornou o maior artilheiro da história dos Mundiais, com 14 (havia feito 10 em 1970). O jogador superou o francês Just Fontaine, que, em 1958, fez 13 gols.

- A Taça Jules Rimet, conquistada em definitivo pelo Brasil em 1970, sai de cena. O novo objeto de desejo era a Copa do Mundo Fifa, troféu de 37 centímetros de altura feito em ouro maciço pelo escultor italiano Silvio Gazzaniga.

- O haitiano Ernest Jean Joseph ficou marcado por um feito vergonhoso: ele foi o primeiro atleta a ser flagrado e punido pela Fifa por uso de substâncias proibidas, o hoje já famoso doping.

- A seleção do Uruguai escapou de uma boa antes da Copa. Com vôo marcado para a Indonésia para a disputa de um amistoso preparatório, a seleção cancelou suas reservas pouco antes do embarque. O avião que seguiu sem os atletas acabou caindo, matando 107 pessoas.