Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Segunda, 22 de maio de 2006, 17h41 
"Não posso felicitar o povo montenegrino", diz Milosevic
 
Últimas de Sérvia e Montenegro
» Espanhol deve ser o novo técnico da Sérvia, diz jornal
» Cinco jogadores da Sérvia são multados por má condulta
» Técnico pede demissão da Sérvia e Montenegro
» Deixar a Copa é uma grande dor para os sérvios
» Todas as notícias de Sérvia e Montenegro
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O capitão da seleção da Sérvia e Montenegro, o atacante Savo Milosevic, disse nesta segunda-feira que respeita o resultado do plebiscito que aprovou a independência de Montenegro, mas expressou que preferia um Estado comum.

"Gostaria de felicitar o povo montenegrino, mas não posso fazer isto, pois minha opção era por um Estado comum. Apresento meus melhores desejos a todos, mas não posso felicitá-los", declarou o jogador.

"Na Alemanha vamos representar a Sérvia e o povo de Montenegro, que nos vê como sua seleção", afirmou o atacante do time espanhol Osasuna.

Milosevic, que conversou com o goleiro Dragoslav Jevric, um dos dois montenegrinos da seleção - o outro é o atacante Mirko Vucinic, que atualmente está com a equipe sub-21 -, revelou que seu companheiro de equipe pensa da mesma forma.

No primeiro dia de concentração da seleção da Sérvia e Montenegro no lago Palic, no norte do país, o técnico Ilija Petkovic disse que os jogadores "foram pegos de surpresa", mas garantiu que não há nenhum tipo de tensão na equipe.
 

EFE

Agência EFE - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da Agência EFE S/A.