Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Terça, 23 de maio de 2006, 13h22  Atualizada às 19h41
Parreira ameaça presença da torcida em treinos
 
Allen Chahad
Antonio Prada
Sérgio Loredo
Wanderley Nogueira
Direto de Weggis (Suíça)
 
Marcelo Monteiro/Terra
Parreira disse que desde que não que atrapalhe o treinamento a torcida pode comparecer
Parreira disse que desde que não que atrapalhe o treinamento a torcida pode comparecer
Últimas de Brasil
» A investidores, Lula diz que Seleção daria prejuízo
» Juan: 'Roberto Carlos não errou no gol de Henry'
» Ronaldo pode ter licença de motorista cassada
» Cirurgia afasta Ronaldo por um mês dos campos
» Todas as notícias de Brasil
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O técnico da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira, admitiu a possibilidade de fechar o treino para a torcida em Weggis, na Suíça, caso sinta que os seus jogadores estejam com problemas para manter a concentração.

Veja a íntegra da entrevista em vídeo
Parreira defende Adriano e diz que Ronaldo está no peso ideal
Parreira admite que pode poupar jogadores em treinos

"Se houver necessidade a gente pára. Se eu sentir que está havendo alguma distração por parte dos atletas a gente muda, nosso compromisso é com a Seleção", disse Parreira, em entrevista transmitida ao vivo pelo Terra via satélite direto de Weggis, na Suíça.

"Desde que não crie um nível que atrapalhe o treinamento, vamos manter o público", completou o treinador brasileiro.

O supervisor da Seleção Brasileira, Américo Faria, afirmou que o fato de ter escolhido Weggis se deve inclusive à possibilidade de poder realizar um treino secreto.


 

Redação Terra