Boletim
Receba todas as novidades por email

 Fale conosco
Envie suas sugestões ao canal

 
Seleções
Domingo, 28 de maio de 2006, 15h45 
"Podem chamar Eriksson de louco", diz Maradona
 
Últimas de Inglaterra
» Em livro, Rooney diz que pisão foi acidente
» Beckham quer abrir academia de futebol na Ásia
» Fifa suspende Rooney, Cufré e Máxi Rodriguez
» Owen critica opção de Eriksson por posição de Rooney
» Todas as notícias de Inglaterra
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O argentino Diego Maradona disse que se a aposta do técnico da Inglaterra, o sueco Sven Goran Eriksson, no jovem atacante Theo Walcott não der certo, ele poderá ser chamado de louco no caso de uma eliminação na Copa do Mundo.

Aos 17 anos, Walcott foi convocado para a seleção mesmo sem ter jogado ainda pela equipe principal do Arsenal. Na semana passada, o jogador chegou a marcar presença na derrota por 2 a 1 contra a Bielo-Rússia, em amistoso de preparação disputado pela equipe B da seleção, na cidade de Reading.

"Eriksson é muito experiente, mas se ele não tiver acertado, significará que se perdeu completamente. Poderia parecer completamente louco", afirmou, segundo descreve o site do tablóide The Sun neste domingo.

"Quando eu era dado como louco, as pessoas me trancaram em um lugar onde todos eram malucos. Um homem então me disse que era Napoleão e ninguém acreditou nele. E eu disse que era Maradona e foi a vez de ninguém acreditar em mim. Se Eriksson errar, é capaz de mandarem-no para um lugar desses", concluiu.

A Inglaterra estréia na Copa do Mundo no dia 10 de junho, contra o Paraguai, no estádio de Frankfurt.


 

Redação Terra